???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16994
Tipo do documento: Dissertação
Título: O sofrimento ético-político na vida intra e extra religiosa de filhos de Umbanda na cidade de São Paulo
Autor: Pereira, Jamila Casimiro 
Primeiro orientador: Sawaia, Bader Burihan
Resumo: Este trabalho parte da concepção de que apesar de haver na atualidade um incentivo à diversidade humana e à pluralidade religiosa, ainda existem manifestações excludentes em relação a muitas delas. O seu objeto de estudo são as configurações objetivas e subjetivas do processo de manutenção da pertença religiosa em convivência com as demandas da vida cotidiana de pessoas filiadas a Umbanda na cidade de São Paulo. O espaço urbano foi determinante para atender o questionamento sobre a comunidade umbandista paulistana, ainda em exploração no campo dos estudos das populações de tradicionalidades africanas no Brasil, no que se refere ao histórico da população negra paulistana no bairro e na cidade. Foram entrevistados integrantes de um templo de Umbanda situado no bairro da Barra Funda da referida cidade. Foram analisados os históricos de vida de 4 adultos identificados como umbandistas e com trajetória de vida intra-religiosa e extra-religiosa diversas. A análise das entrevistas revelou 4 núcleos de sentido da experiência de ser filiado á umbanda: o território de encontro, a pertença religiosa, a manutenção da pertença e a superação do ressentimento e da inação. A categoria mediadora da análise das histórias de vida foi a afetividade, escolhida por ser a base motivacional da ação do sujeito e por condensar as determinações subjetivas da sua condição social. Os autores de referencia do enfoque da afetividade são Espinosa, Vigotski e Sawaia. Os resultados desse estudo revelam que o sujeito umbandista, no cotidiano da modernidade, ainda vive situações de inclusão perversa, sofrimento ético-político pelo preconceito que ronda esta religião, o que se objetiva na forma de sentir e agir sobre a própria realidade. Os aspectos históricos de tradicionalidade africana Bantu que ainda permanecem na dinâmica da religião é uma dimensão da umbanda que favorece a força de vida, pois não os aliena em um poder transcendental, inibindo a reflexão e os mantendo na esperança de milagres. Ao contrário, ocorrem eventos extraordinários em termos de sua potência de transformação da vida ordinária desses sujeitos, mas as mudanças que são produzidas não são mágicas, dependem da reflexão e ação racional das pessoas no conjunto de suas condições subjetivas e objetivas configuradas nos bons ou maus encontros
Abstract: This work is based on the assumption that even though currently there is an incentive to the idea of human diversity and religious plurality, still there are manifestations against many of them. The object of this study is the objective and subjective settings in the process of maintaining religious belonging in the context of the everyday life demands of people affiliated to Umbanda in São Paulo. In order to know about this reality members of an Umbanda temple in the Barra Funda neighborhood of São Paulo were interviewed. This urban space was crucial to answer questions about the Umbanda community in the city, still operating in the field of studies of populations of African traditionalism in Brazil, regarding the history of black people in the neighborhood and in São Paulo city. The life histories of 4 adults identified as umbandistas and with a variety intra-religious and non-religious life trajectory were analyzed. The analysis of the interviews revealed four meaningful cores of the experience of being affiliated to Umbanda: the territory of encounter, the religious belonging, the maintenance of belonging, and the overcoming of resentment and inaction. The mediating analysis category of the life stories was the affection. It was chosen because it has been the motivational basis of the action of the subject and it condenses the subjective determinations of their social condition. The reference authors about affection are Espinosa, Vygotsky and Sawaia. The results of this study reveal that the umbandist subject, within everyday modernity, still lives situations of perverse inclusion, suffering with the ethical-political bias that surrounds this religion, which is objectified in the way of feeling and acting on reality itself. The historical aspects of Bantu African traditionalism that still remain in the dynamics of this religion it is a dimension of the Umbanda that favors life force, unlike other religions, because it does not alienate their practitioners in a transcendental power, inhibiting reflection and keeping them in the hope for miracles. Instead, extraordinary events occur in terms of its power to transform the ordinary life of these subjects, but the changes that are produced are not magical, they rely on rational thought and action of people in their set of subjective and objective conditions configured in good or bad encounters
Palavras-chave: Sofrimento ético-político
Religiosidade
Afetividade
Exclusão/inclusão
Umbanda
Suffering ethical-political
Religiousness
Affection
Inclusion/exclusion
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social
Citação: Pereira, Jamila Casimiro. O sofrimento ético-político na vida intra e extra religiosa de filhos de Umbanda na cidade de São Paulo. 2012. 98 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16994
Data de defesa: 23-Nov-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jamila Casimiro Pereira.pdf496,9 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.