???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17273
Tipo do documento: Dissertação
Título: Adolescentes mulheres em situação de pobreza: uma análise da configuração dos sentidos da adolescência
Autor: Galdini, Veruska Rodrigues
Primeiro orientador: Sawaia, Bader Burihan
Resumo: Esta pesquisa participa do Núcleo de Estudos Psicossociais da Dialética Exclusão/Inclusão (NEXIN) do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social da PUC-SP, que analisa a experiência da exclusão, dentre outros, o referencial de Vygotsky. Para Vygotsky (1995b), a adolescência é um momento de transição marcado pela positividade, pois é marcado pela conceptualização que permite a emergência da imaginação criativa, da fantasia e da reflexão sobre suas próprias idéias, afetos e necessidades e não só sobre a realidade exterior. Por conseguinte nessa fase se configuram novos sentidos que podem entrar em confronto com os significados sociais. Orientada por essa concepção, a presente pesquisa objetiva compreender a adolescência no seu modo singular de viver, para tanto, busca ouvir suas idéias, seus sofrimentos,suasalegrias,necessidadese fantasias. Utilizamos a conversa realizada em duas etapas por um roteiro aberto por um mapa (Machado Pais, 1999). A exposição da análise do discurso está dividida em duas partes: a primeira apresenta uma breve descrição da história de vida de Marta, Beatriz e Cristina e também uma análise individual sobre as idéias singulares de cada uma. Na segunda parte comparam-se as três análises individuais em busca do comum e do diferente. As unidades temáticas levantadas foram: espaços de sociabilidade, projeto de vida, família e adolescência. A análise das conversas demonstra a teoria de Vygotsky sobre a adolescência. Todas apresentam a capacidade de conceituar, são capazes de abstrair, de diferenciar-se do mundo, de relacionar pensamento e ação. As adolescentes, ao expressar sobre sua vida, ao esboçar projetos, alertam para o risco de, ao caracterizarmos a adolescência como crise, estarmos ocultando o sofrimento éticopolítico (Sawaia, 1999b) vivido por elas
Abstract: This paper takes pari in NEXIN of Pos-graduation Program in Social Psychology of PUC/SP, that analyzes the excluding experience, among others, Vygotsky premisses. To Vygotsky (1995b) adolescence is a positiva transition period, as it allows the emergence of creative imagination, phantasy, reflexion upon one' s own ideas, feelings and needs and not only upon external reality. As a consequence, in this period new meanings are built, which can disagree with social meanings. Oriented by this concept, this paper aims at understanding adolescence its unique way of life, and todo so, listens to its ideas, suffering, happiness, needs and phantasies. We use the two-part opened interview with a map (Machado Pais, 1999). The description of the discourse analyses is divided into two paris: the first showing a short description of Marta, Beatriz and Cristina's lives and an individual analyses about their ideas as well. The second pari compares the individuai analyses, highlightening differences and similarities. The theme units are: sociability possibilities, life project, family and adolescence. The analyses shows Vygotsky theory on adolescence. Ali interviewed teenagers can conceptualize, abstract, stand out of the world, relate thinking and action. Talking about their lives, the teenagers alert us against covering up the ethical and political issues lived by them when we outline adolescence and consider it as a crisis period
Palavras-chave: Adolescentes (Mulheres) -- Condicoes sociais
Adolescencia
Familia
Projeto de vida
Sociabilidade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Galdini, Veruska Rodrigues. Adolescentes mulheres em situação de pobreza: uma análise da configuração dos sentidos da adolescência. 2001. 135 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17273
Data de defesa: 30-Nov-2001
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Veruska Rodrigues Galdini.pdf8,59 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.