???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17390
Tipo do documento: Tese
Título: Estratégias de governamentalidade no âmbito da promoção da saúde: o controle do peso corporal como estilo de vida saudável
Título(s) alternativo(s): Governmentality strategies at the field of health promotion: body weight control as healthy life style
Autor: Ramiro, Adriane 
Primeiro orientador: Spink, Mary Jane Paris
Resumo: A preocupação com o excesso de peso e obesidade é recente. Dentre os fatores que justificam a incorporação desse acontecimento como problema de saúde pública temos: o fenômeno da transição nutricional, o fato de a obesidade ser considerada uma doença crônica não transmissível e a complexidade dos aspectos envolvidos na etiologia dessa doença. Entretanto, a forma como o discurso da promoção da saúde, mais especificamente, as políticas sobre alimentação saudável e atividade física vem sendo incorporadas pela sociedade, tem gerado práticas cada vez mais totalitárias sobre estilos de vida saudáveis gerando angústia e controlando de forma excessiva o comportamento das pessoas. Assim, com base no referencial epistemológico, teórico e metodológico da vertente construcionista da Psicologia Discursiva, essa pesquisa visa compreender em que medida o discurso sobre prevenção da obesidade e promoção de estilos de vida saudáveis atuam como estratégias de governamentalidade , controlando o comportamento das pessoas. Esse estudo visa também (1) compreender a relação entre corporeidade e subjetividade; (2) entender as ressonâncias das diretrizes das políticas de promoção da saúde nas práticas cotidianas voltadas aos cuidados com o peso corporal e (3) compreender as principais tensões entre assujeitamento e resistência ao enquadre do corpo saudável. Para contextualizar os discursos que pautam e sustentam o excesso de peso como problema de Saúde Pública foram utilizados documentos oficiais da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde (MS) e para apreender a ressonância de tais políticas de prevenção da obesidade e promoção de atividade física e alimentação saudável foram realizadas dez entrevistas semiestruturadas que foram gravadas em áudio (com consentimento livre das participantes). As entrevistas foram transcritas na íntegra e analisadas de acordo com eixos temáticos que partiram dos nossos objetivos e que compõem os mapas dialógicos. Nosso material empírico apontou para uma maior sujeição ao imperativo seja saudável , com ênfase na prática de atividades físicas e adoção de uma alimentação saudável. Entretanto, algumas entrevistas, ainda que poucas, apontaram para a possibilidade de resistência a partir de reflexões a respeito das relações que temos com nossos corpos e com nós mesmos, desestabilizando verdades que hoje parecem sedimentadas, por exemplo, de que o corpo saudável é o corpo magro
Abstract: The concern regarding the over-weight and obesity is recent. Among the factors that justify the incorporation of this trend into the public health problems we have: the phenomenon of nutrition transition, the fact that obesity is seen as a chronic non transmissible disease and the complexity involved in the etiology of this disease. However, the format by how the discourse of health promotion , more specifically, the policies regarding healthy food and physical activity that are being incorporated by the society, are generating practices each time more totalitarians about healthy life styles generating anguish and excess of control over people s behavior. Therefore, based at the epistemological reference, theory and methodology of the constructionist branch of the Discursive Psychology, this research aims to understand in what measure the discourse about obesity prevention and Healthy life style promotions act as Governmentality strategies , controlling the behavior of people. This study also aims (1) understand the relationship between embodiment and subjectivity; (2) understand the resonance of the directives on the policy of health promotion have in the day-to-day practices and care with the body weight and (3) understand the main tensions between (acceptance) and resistance to the conventional healthy body. To put in context the discourse that emphasize and sustain the excess of weight as a problem of public health, were used official documents from the World Health Organization (OMS) and Ministry of Health (MS) and to learn the resonance of such policies of obesity prevention and physical activity and Healthy food promotions it was developed 10 semi-structured interviews, recorded in Audio (with free consent from the participants). The interviews were integrally transcribed and analyzed in accordance to thematic axis that were structured from our goals and that compose the dialogic maps. Our empiric material indicated towards more to the acceptance of be healthy , emphasizing physical exercises and healthy food adaption. Nevertheless, in some interviews, although only a few, the indicated the possibility of resistance and to the reflection of our relations with our bodies and with ourselves, destabilizing truths that today seemed solid, for instance, that the healthy body is a thin one
Palavras-chave: Práticas discursivas
Prevenção da obesidade
Governamentalidade
Cuidado de si
Social psychology
Discursive practices
Obesity prevention
Health promotion
Governmentality
Take care of oneself
Promocao da saude -- Brasil
Obesidade -- Brasil -- Prevencao
Obesidade -- Aspectos psicologicos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Ramiro, Adriane. Governmentality strategies at the field of health promotion: body weight control as healthy life style. 2009. 149 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17390
Data de defesa: 27-Nov-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriane Ramiro.pdf2,66 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.