???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17416
Tipo do documento: Tese
Título: Psicologia aplicada ao trabalho e ideologia da racionalidade tecnológica: um estudo sobre a atuação do psicólogo nas organizações
Título(s) alternativo(s): Psychology applied to work and ideology of technological rationality: a study about the psychologists practice in organizations
Autor: Guimarães, Denise Alves 
Primeiro orientador: Sass, Odair
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo geral verificar a existência de relações entre atuação de psicólogos nas organizações e ideologia da racionalidade tecnológica. A amostra é de 106 psicólogos que atuam na área de Psicologia aplicada ao trabalho em Belo Horizonte, Contagem e Betim, aos quais foi aplicada uma escala do tipo Likert, validada pela autora e constituída por quatro subescalas: ideologia da racionalidade tecnológica; atuação dos psicólogos; controle de trabalhadores e concepção de trabalho e de trabalhador. Os conteúdos das afirmativas são interdependentes e fundamentados em discussões de autores da teoria crítica. Os resultados obtidos permitem confirmar a hipótese geral de que a atuação de psicólogos nas organizações está significativamente associada à ideologia da racionalidade tecnológica, consubstanciados: a) pela concordância dos sujeitos a uma atuação voltada à manutenção e reprodução dos interesses da sociedade administrada (subescala AP atuação dos psicólogos); b) pelo equilíbrio entre discordâncias e concordâncias em relação às exigências do sistema produtivo sobre o controle dos trabalhadores (subescala CT controle dos trabalhadores), o que aponta as atuais dificuldades de análise e crítica em relação à realidade imediata, como também expressam as contradições da atual forma de organização social. Os resultados não permitem confirmar a hipótese de adesão dos sujeitos à ideologia da racionalidade tecnológica (subescala RT ideologia da racionalidade tecnológica) e a hipótese de que os psicólogos tendem a aderir aos padrões que caracterizam a sociedade administrada em relação ao significado do trabalho, aos critérios de competência e de adequação para o comportamento dos trabalhadores (subescala T concepção de trabalho e de trabalhador)
Abstract: This research aims to verify the general relationship between the psychologists practice in organizations and ideology of technological rationality. The sample of 106 psychologists working in the field of psychology applied to work in Belo Horizonte, Contagem and Betim, on which was applied a Likert scale, was validated by the author and consists of four subscales: the ideology of technological rationality; performance of psychologists; workers control and conception of work and worker. The contents of the statements are interdependent and based on discussions of authors of critical theory. The obtained results serve to confirm the general hypothesis that psychologists practice in organizations is significantly associated with the ideology of technological rationality, justified a) by the agreement of the subjects into a performance related to the maintenance and reproduction of interests of the administrated society (AP subscale - role of psychologists); b) by the balance between agreements and disagreements in relation to the demands of the production system on workers' control (subscale WC - workers' control), suggesting that the current difficulties of analysis and criticism of the immediate reality also express the contradictions of the current form of social organization. The results confirm neither the hypothesis that subjects adhere to the ideology of technological rationality (subscale TR - ideology of technological rationality) nor the hypothesis that psychologists tend to adhere to standards that characterize the administrated society in relation to the meaning of work, to the criteria of competence and suitability for the behavior of workers (subscale W conception of work and worker)
Palavras-chave: Teoria crítica
Psicologia
Trabalho
Ideologia
Racionalidade tecnológica
Critical theory
Psychology
Work
Ideology
Technological rationality
Psicologos -- Pratica profissional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Guimarães, Denise Alves. Psychology applied to work and ideology of technological rationality: a study about the psychologists practice in organizations. 2010. 257 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17416
Data de defesa: 20-Aug-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Denise Alves Guimaraes.pdf1,61 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.