???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17535
Tipo do documento: Dissertação
Título: Gravidez em tempos de Aids: o desafio da maternidade - a vivência das gestantes com HIV atendidas no Programa Transmissão Vertical Zero no município de Sorocaba, SP
Autor: Vicentino, Rosani Loures 
Primeiro orientador: Vitale, Maria Amália Faller
Resumo: Este trabalho tem por objetivo verificar os significados da maternidade na vida das gestantes com HIV, com conhecimento do diagnóstico da infecção antes da gravidez, que são atendidas no programa Transmissão Vertical Zero no município de Sorocaba-SP. Nosso interesse centra-se nos direitos destas mulheres em "optar" por uma gravidez dentro de todos os condicionantes, advindos da possibilidade da transmissão do HIV para seus filhos, durante a gestação, parto e pós-parto. Neste sentido, três eixos nortearam este trabalho: A gravidez aliada à convivência com HIV/ AIDS constitui-se em um período demarcado por dilemas e sofrimentos advindos das reais possibilidades da infecção do bebe e ao engravidarem, as mulheres sofrem pressões emocionais internas e externas. A gravidez encontra-se inserido no campo dos direitos cabendo à mulher a liberdade de escolha. Necessidade de um trabalho mais sistemático, por parte dos serviços de saúde pública, no sentido da abordagem dos direitos reprodutivos além da construção de outros espaços de reflexão e trocas que facilitem o processo de escolha em relação à gravidez. A metodologia utilizada contou com duas abordagens: uma quantitativa através da qual traçamos o perfil das gestantes atendidas pelo Programa de Transmissão Vertical Zero do Município de Sorocaba/ SP e outra, qualitativa, onde buscamos conhecer a vivência das gestantes que, conhecedoras do diagnóstico de HIV, engravidaram. O estudo revelou os dilemas enfrentados por estas mulheres que, vivendo com HIV, desafiaram os riscos e assumiram a gravidez e a maternidade. Este desafiar demonstrou a superação dos próprios limites e a necessidade da vivência do desconhecido diante de um desejo maior ligado á maternidade. No âmbito dos serviços de saúde, constatamos a importância da humanização da assistência prestada às gestantes que extrapole a tecnologia biomédica e propicie condições para que as mulheres possam sentir-se mais acolhidas e amparadas em suas escolhas no campo dos direitos reprodutivos
Abstract: This work has for objective to verify the meanings of the maternity in the pregnant women's life with HIV, with knowledge of the diagnosis of infection before the pregnancy, who are assisted in the Program Transmission Vertical Zero in Sorocaba city. State São Paulo. Our interest is centred on the women's rights in "choosing" for a pregnancy with all the conditional, occurred from the possibility of transmission of HIV for their children, during the gestation, childbirth and postpartum. In this sense, three axes orientated this work: The pregnancy allied to coexistence with HIV/AIDS is constituted in a period demarcated by dilemmas and sufferings occurred of the real possibilities of baby's infection and they become pregnant, the women suffer internal and external emotional pressures. The pregnancy is inserted in the field of the rights, it falling the woman the choice freedom. It is necessary a work more systematic, on the part of services of public health, in the sense of the approach of the reproductive rights besides the construction of other reflection spaces and changes that facilitate the choice process in relation to pregnancy. The used methodology counted with two approaches: one quantitative through which we drew the pregnant women's profile assisted by the Program of Transmission Vertical Zero in Sorocaba city, State of São Paulo and other qualitative, where we looked for to know the pregnant women's existence that, experts of the diagnosis of HIV, became pregnant. The study revealed the dilemmas faced by these women that living with HIV, they challenged the risks and they assumed the pregnancy and the maternity. This to challenge demonstrated they overcame their own limits and the necessity of living the unknown before a big desire linked to maternity. In the extent of health's services, we verified the importance of humanization on attendance rendered the pregnant women that, it extrapolates the biomedical technology and propitiate conditions, so that the women can feel more welcomed and aided in their choices in the field of reproductive rights
Palavras-chave: AIDS
SIDA
Sindrome de imunodeficiencia adquirida -- Gravidez
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Vicentino, Rosani Loures. Gravidez em tempos de Aids: o desafio da maternidade - a vivência das gestantes com HIV atendidas no Programa Transmissão Vertical Zero no município de Sorocaba, SP. 2005. 124 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17535
Data de defesa: 30-Nov-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rosani Loures Vicentino.pdf10,44 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.