???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17549
Tipo do documento: Dissertação
Título: Revelando sentidos de ser usuário da assistência social: um estudo no município de Piracicaba - SP
Autor: Marqueze, Cláudia Cristina 
Primeiro orientador: Martinelli, Maria Lúcia
Resumo: A dissertação ora apresentada tem por objetivo a apreensão dos sentidos de ser usuário da Assistência Social e o estudo de como o acesso a essa política social afeta a vida desses sujeitos. Justifica-se pela necessidade de serem considerados no estudo da referida política, além das análises de pesquisadores e profissionais da área, como tem chegado até os seus usuários, como eles a sentem e como tem a vida afetada por ela, a partir de suas próprias expressões, afinal, são eles que a vivem em seus cotidianos. Para isso, foram considerados os impactos de tal política nas condições materiais de vida dos sujeitos e também a dimensão subjetiva que envolve todo o processo de acesso aos serviços socioassistenciais. Partiu-se da compreensão da subjetividade enquanto processo em permanente constituição a partir das relações sociais e da integração entre o afetivo e o cognitivo, não existindo antagonismo entre afeto e pensamento. Tal perspectiva visa romper com a oposição entre objetividade e subjetividade, considerando o homem por inteiro. Para alcançar os objetivos propostos, realizou-se uma pesquisa qualitativa envolvendo seis usuários da Assistência Social no Município de Piracicaba - SP. Para esses sujeitos, a Assistência Social insere-se na vida cotidiana e a afeta de um modo positivo. Garante recursos materiais necessários à preservação da própria vida e oferece oportunidades de aprendizado e convivência, podendo, para eles, resultar em crescimento e melhorias de vida. No entanto, o seu acesso é sentido, em quase todas as situações, ainda como um favor recebido, não sendo estimulado, em seus espaços, o exercício da participação e de reivindicação de direitos. Ao expressarem os sentidos do acesso à política de Assistência Social, os sujeitos também realizaram importantes avaliações sobre ela. Não obstante a vida marcada pela privação material, eles apontam para necessidades que vão além da sobrevivência. Desejam afeto, valorização, relações de igualdade, crescimento, liberdade e felicidade, devendo a Assistência Social considerar também tal dimensão no desenvolvimento de suas ações
Abstract: The master thesis presented aims to understand the meanings of being a user of Social Assistance and the study of how access to this social policy affects the lives of some individuals. It is justified by the need to be considered in the study of the policy, besides the analysis of scholars and professionals, as it has come to its users, as they feel and how life is affected by it, from expressions of their own, after all, they are who live in their daily lives. For this, it was considered the impacts of this a policy in the material conditions of life of individuals and, the subjective dimension that involves the entire process of accessing social-assistance services. It broke the understanding of subjectivity as a process in permanent constitution from the social relations and of the integration of cognitive and affective, with no antagonism between affect and thought. This perspective aims to break the opposition between objectivity and subjectivity, considering the whole person. To achieve the proposed objectives, it was performed a qualitative study involving six users of Social Assistance in the Piracicaba/Sao Paulo City. For these individuals, the Social Assistance is part of the daily lives and it affects them in a positive way. It ensures material resources required to the preservation of their lives and it offers opportunities to learn and live together, which results in growth and improvement of life. However, the access is felt in almost all situations, as a favor received, not being stimulated in their spaces, neither in the exercise participation nor in the assertion of rights. By expressing the sense of access to social assistance policy, the subjects also made major assessments about it and despite the life marked by material deprivation, they point to the needs that go beyond survival. They want affection, appreciation, relationships of equality, growth, freedom and happiness, and the Social Assistance also consider this dimension in the development of their actions
Palavras-chave: Assistência social
Cotidiano
Sentido
Sujeito
Social assistance
Daily
Sense
Subject
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Marqueze, Cláudia Cristina. Revelando sentidos de ser usuário da assistência social: um estudo no município de Piracicaba - SP. 2011. 212 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17549
Data de defesa: 28-Oct-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Claudia Cristina Marqueze.pdf4,17 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.