???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17622
Tipo do documento: Dissertação
Título: Agnes Heller: indivíduo e ontologia social - fundamentos para a consciência ética e política do ser social
Título(s) alternativo(s): Agnes Heller: individual and social ontology - fundamentals for the ethical and political conscience of the social being
Autor: Veroneze, Renato Tadeu 
Primeiro orientador: Martinelli, Maria Lúcia
Resumo: Esta pesquisa busca investigar a contribuição do pensamento de Agnes Heller, formulado entre os anos de 1956 e 1978, para a construção da consciência ética e política do ser social. Agnes Heller, nome de projeção internacional na filosofia contemporânea, foi aluna e assistente de Georgy Lukács, principal expoente marxista, sobretudo, no campo da Estética e da Ontologia do Ser Social. Heller foi considerada por Lukács como o membro mais produtivo do grupo de intelectuais denominado Escola de Budapeste . Este grupo tinha por objetivo formular uma linha de pensamento baseada nos escritos teórico-filosóficos de Lukács e fazer uma releitura da obra marxiana, no sentido de uma correta compreensão do método em Marx. Até 1978 Heller permaneceu na Hungria e produziu obras que expressavam o tipo de orientação dessa escola. Nesse período, comungava com as ideias de se mestre e da proposta marxista. As perseguições ideo-políticas da Hungria, fizeram com que Heller saísse de seu país natal, indo residir na Austrália juntamente com Ferenc Fehér. Em 1986, vincula-se a cadeira de Hannah Arendt de Filosofia e Ciência Política da New School for Social Research, em Nova Iorque e mantém até os dias atuais em profícua atividade nos Estado Unidos e na Hungria. Suas obras, escritas até 1978, ou seja, em sua fase marxista, trazem importantes contribuições para a consolidação de consciência ética e política do ser social, tendo como base a ontologia do ser social, a sua teoria sobre a vida cotidiana e de seus escritos direcionados à consciência ética e política. Acreditamos que Heller buscou complementar o grande projeto de Lukács de escrever uma Ética na visão marxista, portanto, partimos da hipótese de que sua teoria aponta na direção de uma filosofia da práxis e da vivencia de uma vida cotidiana não-alienada. Buscamos, desse modo, compreender os principais fundamentos de sua teoria enquanto proposta para um modo de pensar, ser e agir consciente na e para a vida cotidiana, nas relações e inter-relações sociais, na proposição ética e política da vida social, rumo ao sujeito revolucionário individual e coletivo. Para tanto, temos como objeto de pesquisa o reconhecimento da individualidade enquanto condição sine qua non para a consciência ética e política do ser social
Abstract: This research intends to investigate the contributions of Agnes Heller s thoughts, which was formulated between 1956 and 1978, to the construction of the social been ethical and political consciences. Agnes Heller, a name with an international projection in the Contemporary Philosophy, was a Georgy Lukács pupil and assistant, who was the greatest marxism exponent, mostly in the Esthetics and the Ontology of the Social Being areas. She was considered by Lukács the more productive member of group called School of Budapest . The objective of this group was to creat a line of thought based on Lukács s theoretical and philosophical writings, re-read Marxian work to heve a correct understanding in Marx s method. She remained in Hungary until 1978 and produced some works in which we see expressed the Budapest school s kind of guidance. The ideo-political persecution in Hungary, Heller did that come out of his native in 1978, to reside in Australia with Ferenc Fehér. In 1986 she was bound to Hannah Arendt s post of Political Science and Philosophy at the New School for Social Research, in New York, and she is until now in fruitful activities in the United States of America and Hungary. Her works written until 1978, therefore, during the Marxist time, bring important contributions to consolidate the ethical and political conscience of the social being, having for basis the ontology of the social being, its theory about everyday life and its writings direct to the ethical and political conscience. We believe Heller tried to complete the big project of Lukács of writing an Ethics in the Marxist s point of view, so we set from the hypothesis that her theory points towards a praxis philosophy and non-alienated everyday life experiences. We seek to understand the main fundaments of her theory as a proposal for a way of thinking, being and conscientious acting at and to everyday life, in the social s relations and inter-relation, in ethical and political s proposition of the social life, towards the collective and individual revolutionary subject. Therefore, our research objective is the recognition of individuality while the sine qua non condition for ethical and political conscience of the social being
Palavras-chave: Individualidade
Ser social
Consciência ética e política
Individuality
Social being
Ethical and political conscience
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Veroneze, Renato Tadeu. Agnes Heller: individual and social ontology - fundamentals for the ethical and political conscience of the social being. 2013. 279 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17622
Data de defesa: 22-Apr-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renato Tadeu Veroneze.pdf2,64 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.