???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17663
Tipo do documento: Dissertação
Título: Atribuições, competências, trabalho e identidade: uma aproximação aos significados produzidos pelos assistentes sociais no percurso do exercício profissional
Título(s) alternativo(s): Attributions, competencies, work and identity: an approach to meanings produced by social workers throughout their professional work
Autor: Souza, Bianca Ribeiro de
Primeiro orientador: Martinelli, Maria Lúcia
Resumo: A presente Dissertação de Mestrado tem por objetivo geral problematizar a leitura de profissão que os assistentes sociais realizam em diversos espaços sócio-ocupacionais, com predominância daqueles que não estabelecem a relação face a face com o usuário, tendo em vista o conjunto de atribuições e competências demarcadas nos Artigos 4o e 5o, da Lei 8.662/1993, de regulamentação profissional. Já os objetivos específicos são: historicizar o processo de construção da regulamentação profissional; analisar as atribuições e competências, nos marcos da legislação profissional; e identificar como se constrói a identidade profissional no exercício dessas atribuições e competências. Esses objetivos mostram-se relevantes, na medida em que, apreender o modo pelo qual os assistentes sociais têm direcionado os seus trabalhos, torna-se mister, em um contexto de ampliação dos espaços sócio-ocupacionais e de alterações das requisições direcionadas ao Serviço Social, a partir da descentralização das políticas públicas. Ademais, a discussão sobre a identidade, no exercício dessas atribuições e competências, revela-se como estratégia de fortalecimento dos sujeitos profissionais, em face do enfrentamento cotidiano das dificuldades surgidas nos espaços de trabalho. A metodologia desta pesquisa orienta-se pelo uso da abordagem qualitativa, por meio de entrevista semiestruturada, com seis assistentes sociais, quais sejam: um assessor/consultor; um gestor da Política de Assistência Social proteção social especial; um coordenador de equipe interdisciplinar no Ministério Público do Estado de São Paulo; um inserido em equipe interdisciplinar de saúde Vigilância; um coordenador de Centro de Referência de Assistência Social (Cras); um vinculado à Defensoria Pública do Estado de São Paulo. A análise das narrativas dos sujeitos participantes está fundamentada na perspectiva teórica marxista, que compreende o Serviço Social como trabalho. Por conseguinte, com base na transcrição das falas dos entrevistados, foram organizadas quatro categorias de análise atribuições e competências profissionais; trabalho profissional; concepção de profissão; e identidade as quais se expressaram no curso das narrativas do grupo pesquisado e se mostraram adequadas para a consecução dos objetivos desta pesquisa
Abstract: Considering Articles 4 and 5 of Law 8.662/1993 (Social Work Professional Regulation), this paper aims at problematizing social workers understanding of their professions in several socio-occupational places, with predominance of those which do not provide direct customers assistance. Specific objectives are to: historicize the process of professional regulation; analyze attributions and competencies based on professional legislation; and assess development of professional identity by exercising these attributions and competencies. It is important to apprehend the way social workers have been conducting their works considering enlargement of socio-occupational places and changing demands addressed to Social Work since decentralization of public policies. Moreover, discussions on identity in relation to performance of these attributions and competencies prove to be a tool to strengthen professionals in the face of managing daily difficulties that arise in work places. We adopted a qualitative approach involving semi-structured interviews. Participants were 06 social workers: 1 counselor/advisor; 1 manager of National Social Assistance Policy (Specialized Social Protection); 1 interdisciplinary team coordinator of São Paulo State Public Prosecutor; 1 social worker included in Public Health Surveillance Center team; 1 coordinator of Reference Center of Social Assistance; 1 social worker included in São Paulo State Public Defender Service. Narrative analysis was based on Marxist theoretical perspective, which considers Social Work as work. Thus, grounded on participants´ speeches transcripts, we operationalized 04 categories of narrative analysis: professional attributions and competencies; professional work; concept of profession; and identity. The categories appeared during the participants´ narratives and were suitable to reach our research objectives
Palavras-chave: Atribuições
Competências
Trabalho
Identidade
Attributions
Competencies
Work
Identity
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Souza, Bianca Ribeiro de. Attributions, competencies, work and identity: an approach to meanings produced by social workers throughout their professional work. 2013. 138 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17663
Data de defesa: 4-Nov-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bianca Ribeiro de Souza.pdf799,26 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.