???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17674
Tipo do documento: Dissertação
Título: Trabalho com famílias na assistência social: novas expressões do conservadorismo?
Título(s) alternativo(s): Work on families under social assistance conservatism new expressions?
Autor: Eufrásio, Amanda 
Primeiro orientador: Yasbek, Maria Carmelita
Resumo: A investigação das expressões do conservadorismo no trabalho com famílias executado por assistentes sociais na contemporaneidade constitui o foco da presente pesquisa. Foi com base no pressuposto de que práticas conservadoras se (re) atualizam no âmbito do Serviço Social, que tivemos como objetivo nesta pesquisa apreender modos de ser conservador no exercício da profissão, mais especificamente, no campo da assistência social. Para isso, além da pesquisa bibliográfica realizada sobre a temática, a pesquisa apoiou-se em metodologia qualitativa através da realização de entrevistas individuais semi-estruturadas com cinco assistentes sociais (selecionadas aleatoriamente) que atuam em Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), em quatro municípios da região Alto Tietê, em São Paulo, sendo eles: Santa Isabel, Arujá, Mogi das Cruzes e Guararema. Estes sujeitos foram selecionados de acordo com a dinâmica populacional de seus municípios e o grau de consolidação do trabalho desenvolvido com famílias no âmbito da assistência social. No primeiro capítulo, tratamos dos significados sócio-históricos do conservadorismo e os seus reflexos na profissão de Serviço Social. No segundo capítulo, situamos o contexto em que se desenvolvem as políticas sociais na atualidade e tratamos das principais características da política de assistência social hoje no Brasil. No terceiro capítulo, realizamos a análise dos dados coletados. Como parte dos resultados da pesquisa, destacamos: 1. há mudanças positivas nas formas de compreender quem são as famílias que procuram a assistência social, mas estigmas e preconceitos com relação a essas pessoas ainda se revelam na prática profissional; 2. a leitura que profissionais fazem do público usuário da assistência social e das possibilidades de enfrentamento da questão social sofre a influência de tendências conservadoras como a despolitização do significado da pobreza; 3. famílias são disciplinadas para manter um desempenho satisfatório durante a sua participação nos programas de transferência de renda; 4. o trabalho social com famílias através do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) se apresenta como uma tentativa de romper com práticas conservadoras nessa esfera de atuação profissional e alguns (as) profissionais se apropriam das propostas deste serviço para lutar contra as incidências do conservadorismo na profissão; 5. as famílias são educadas para a conquista de autonomia, o que nos revelou aspectos positivos no sentido de desconstruir práticas assistencialistas e propiciar às famílias pobres o acesso à direitos e às políticas e serviços públicos, assim como a reivindicação de sua melhoria. Porém, a pesquisa demonstrou também a tendência de individualizar problemas que são sociais e de responsabilizar, cada vez mais, as famílias por sua condição de pobreza
Abstract: nowadays is what this research is focused on.It was based on the assumption that conservative practices (re) update under Social Service, that we aimed in this research in order to grasp ways of being conservative when executing the profession, more specifically, in the area of social assistanceFor this, besides the literature survey on the topic, the research went on based on qualitative methodology by conducting semi structured interviews with five social workers (randomly selected) who work in Reference Centers for Social Welfare (CRAS), in four cities on the Alto Tiete area, in Sao Paulo, being: Santa Isabel, Aruja, Mogi das Cruzes e Guararema. These people were picked according to the population dynamics of their cities and the consolidation degree of the work with families under social assistancein the first chapter; we go on social-historical meanings of the conservatism and its impact on the profession of Social Work.In the second chapter, we situate the context in which they develop social policies nowadays and we cover the main features of social assistance policy in Brazil today.In the third chapter, we analyze the data collected.As a part of the research results, we figured that: 1. 1 There are positive changes in ways of understanding who are the families that seek for social assistance, but stigmas and prejudices on these people are still shown in professional execution; 2 - the way professionals look upon the people that make use of the social assistance and the possibilities of facing social is influenced by conservative tendencies as the politicization of the meaning of poverty; 3 families are disciplined to keep a satisfactory performance during their participation on the income transfers programs; 4 The social work with families through the Protection Service and Integral Care of Family (PAIF) is presented as an attempt to break in with conservative practices in this sphere of professional activity and some (as) professionals take ownership of these service proposals to face the effects of the conservatism of the professional; 5 families are educated to achieve autonomy, which revealed the positive aspects in the sense of deconstruct welfare practices and to give poor families access to their rights and the policies and public services, as well as claiming their improvement.However, the survey also showed a tendency to individualize problems that are social responsibility and, increasingly, families for their poverty condition
Palavras-chave: Conservadorismo
Assistência social
Prática profissional
Conservatism
Social assistance
Professional practice
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Eufrásio, Amanda. Work on families under social assistance conservatism new expressions?. 2014. 234 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17674
Data de defesa: 16-Apr-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Amanda Eufrasio.pdf1,2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.