???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17685
Tipo do documento: Dissertação
Título: Histórias que se repetem: o abuso sexual incestuoso atravessando gerações
Título(s) alternativo(s): Histories that repeats themselves:incestuous sexual abuse through generations
Autor: Paulino, Sandra Eloiza
Primeiro orientador: Lemos, Ada Pellegrini
Resumo: Este trabalho tem como objetivo compreender a família em que ocorre o abuso sexual intrafamiliar ou incestuoso, que se repete em diferentes gerações, sinalizando caminhos para a intervenção. Para aproximação da temática foi utilizada a experiência profissional da autora como Assistente Social no Programa de Atenção à Violência Sexual PAVAS, da Faculdade de Saúde Pública da USP. A partir de um levantamento dos prontuários dos casos envolvendo abuso sexual de crianças ou adolescentes do sexo feminino e seus respectivos pais ou padrastos, focalizou-se casos em que também havia acontecido abuso sexual na geração anterior, ou seja, envolvendo mães das crianças ou adolescentes atendidos no Programa. Após, foi utilizado um estudo de caso, sendo este analisado com base na teoria sistêmica, de modo a compreender a dinâmica de uma família em que as relações estão envoltas ao incesto. Partiu-se da hipótese de que a relação incestuosa vivida pela mulher em sua infância faz com ela tenha como modelo e referência de família aquela já conhecida, a qual faz com que inconscientemente ela procure estabelecer relações afetivas dentro dos moldes socialmente apreendidos por ela, o que implica reproduzir os padrões abusivos que foram historicamente construídos pelas relações familiares e que podem ser transmitidos por legado. Os resultados apontam para o complexo sistema familiar, o qual é capaz de determinar as regras a serem seguidas pelos elementos que o compõem e para a necessidade de criação de políticas de intervenção que tratem a família em que ocorre o abuso sexual incestuoso e não seus componentes isoladamente, evitando, assim, cristalizar os personagens em vítimas e algozes
Abstract: The purpose of this study is to understand the family in which the intrafamily sexual abuse or incestuous abuse occurs, signalizing ways for the intervention in this kind of abuse that happens in different generations. As a way to approach to this subject, was used the author professional experience as social worker at PAVAS (Attention Program for Sexual Violence) at the Public Health School in USP (University of São Paulo). Starting with a survey of the medical registers from the cases that involved sexual abuse of children and teenagers of the female gender and hers respective fathers and stepfathers, the author focused the cases wherein also occurred sexual abuse in the previous generation, it means involving the mothers of the children and teenagers attended in the Program as victims themselves. After, was utilized a study of a particular case, being this case analyzed using the systemic theory, in order to understand the dynamic of a family in which the relations are involved by incest. The author began from the hypothesis that the incestuous relation experienced by the woman in her childhood created for her a reference and a model of family and this fact makes she unconsciously try to establish affective relations inside the patterns that was socially apprehended for her. That implies to reproduce the abusive patterns that was historically construct by the familiar relations and these can be transmitted as a legacy. The results point out to the complex familiar system, that is capable to determine rules to be followed by the members that constitute it, and for the necessity to create a intervention policy to attend the family in which the sexual incestuous occurs as a whole, and not only the components of this family isolated, avoiding by this way to characterize the persons in victims and executioners
Palavras-chave: Abuso sexual
Teoria sistêmica
Família
Sexual abuse
Incest
Family
Sistemic theory
Incesto
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Paulino, Sandra Eloiza. Histories that repeats themselves:incestuous sexual abuse through generations. 2005. 105 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17685
Data de defesa: 7-Dec-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SANDRA ELOIZA PAULINO.pdf425,24 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.