???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17701
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorLopes, Fernanda de Souza-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4559554E2por
dc.contributor.advisor1Martinelli, Maria Lúcia-
dc.date.accessioned2016-04-29T14:16:35Z-
dc.date.available2014-12-01-
dc.date.issued2014-10-31-
dc.identifier.citationLopes, Fernanda de Souza. Assistance possibilities of families with patients in palliative care: internal dynamics and its relation to public policies. 2014. 195 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/17701-
dc.description.resumoO processo de envelhecimento populacional, aliado ao crescimento da prevalência das doenças crônicas, são fenômenos impulsionados pelos desenvolvimentos social, econômico, cultural, político e tecnológico do País, desde a década de 1990 até o momento atual. A partir da promulgação da Constituição Federal de 1988, tornou-se possível a consolidação de uma série de direitos sociais que contribuiu para a configuração desse cenário. No âmbito da saúde pública, ao longo desses anos, os Cuidados Paliativos vêm crescendo em significado, ao instituir-se como modalidade de assistência direcionada aos indivíduos com doenças graves, avançadas, que ameaçam a continuidade da vida. Não obstante a importância dos Cuidados Paliativos tenha se desenvolvido, a produção bibliográfica da área não cresceu na mesma proporção que a temática em análise. Neste estudo, procuramos exaurir a bibliografia disponível, aproximando-a de nossa experiência profissional cotidiana na prática dos Cuidados Paliativos, para apresentar a importância dessa modalidade tanto para os pacientes quanto para seus familiares. Na busca pela efetivação da morte enquanto ato digno e sem sofrimento, os Cuidados Paliativos defendem a oferta de atenção também à família, já que seus membros são partícipes fundamentais nesse processo, sobretudo por assumir os cuidados de um parente gravemente enfermo em possibilidade iminente de morte. Nesta pesquisa, abordamos brevemente a consolidação do sistema de proteção social brasileiro, a institucionalização dos Cuidados Paliativos a partir da normatização de serviços e as concepções de família, suas características e atribuições assumidas ao longo do tempo até a atual posição de centralidade na provisão de bem-estar de seus membros. Tomamos por objeto de análise o processo de constituição da possibilidade assistencial das famílias dos pacientes em Cuidados Paliativos acompanhados por um serviço terciário de saúde pública localizado no Município de São Paulo. A partir dos relatos dos cuidadores familiares entrevistados, apresentamos as condições em que se determinam a prática cotidiana de oferta de cuidados. Evidenciamos que a possibilidade assistencial dessas famílias está associada às questões individuais e específicas de suas dinâmicas internas, como vivências pessoais, relacionamento, religiosidade e/ou espiritualidade e também aos determinantes externos, como o apoio da equipe de saúde e as formas de acesso à rede de suporte social e às políticas públicas. Entendemos que o modo como as famílias cuidam e as razões que dificultam a efetivação desse processo, são realidades continuamente tangenciadas pelos elementos anteriormente mencionadospor
dc.description.abstractThe economic, cultural, political, technological, and social development of Brazil, since the 1990s, has been accompanied by a growing aging population faced with chronic diseases. The promulgation of the Federal Constitution in 1988 made it possible to consolidate a number of social rights that contributed to this scenario. In the public health realm, over the years, palliative care has grown in significance, establishing itself as a form of targeted assistance to individuals with severe, advanced disease that threatens the continuity of life. Despite the importance of palliative care, the scholarship on the topic has not grown proportionally. In this study, based upon the available literature and our everyday professional experience in the practice of palliative care, we discuss the importance of this type of care for both, patients and their families. In the quest for making death as painless and dignified as possible, Palliative Care advocates for extending care to the family, given its crucial role in assisting a relative who is ill, in imminent death. In this study, we briefly address the consolidation of the Brazilian social protection system and the institutionalization of Palliative Care, focusing on the standardization of its services and on how over time its conception of family has changed. Currently, the family is considered a key player in providing care for its members. Our main goal is to analyze the process by which family caregivers, in conjunction with a tertiary sector of the public health system in São Paulo city, assist patients in palliative care. Based on interviews made with family members, we presented the conditions under which the daily practice of care providing is determined. We uncovered that in these families, the possibility of care provision is linked to individual issues related to internal dynamics, such as personal experiences, relationships, religion and/or spirituality, as much as to external factors, like assistance from the health care team, access to a support network and to public policies. It is our understanding that the possibilities and limitations of family care giving are continually shaped by the elements mentioned aboveeng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-29T14:16:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Fernanda de Souza Lopes.pdf: 1277821 bytes, checksum: 89533e4805832fbbf526df4f104bed60 (MD5) Previous issue date: 2014-10-31eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/36699/Fernanda%20de%20Souza%20Lopes.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentServiço Socialpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Serviço Socialpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCuidados paliativospor
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectAssistênciapor
dc.subjectPalliative careeng
dc.subjectFamilyeng
dc.subjectAssistanceeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIALpor
dc.titleA possibilidade assistencial das famílias dos pacientes em cuidados paliativos: dinâmicas internas e relação com o contexto das políticas públicaspor
dc.title.alternativeAssistance possibilities of families with patients in palliative care: internal dynamics and its relation to public policieseng
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda de Souza Lopes.pdf1,25 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.