???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17711
Tipo do documento: Dissertação
Título: Capacidade protetiva de famílias: olhares sobre as desigualdades territoriais
Título(s) alternativo(s): Parent protective capacity: prisms on territorial inequality
Autor: Bello, Marília Gonçalves Dal
Primeiro orientador: Wanderley, Mariangela Belfiore
Resumo: O presente trabalho tem como tema o estudo da capacidade protetiva de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) e seus territórios de vivência, tendo como marco a proteção básica na Política Nacional de Assistência Social - PNAS/2004. Como hipótese conjectura-se que os índices da proteção básica na assistência social, bem como os indicativos do PBF, orientadores da gestão da proteção básica na assistência social, inflexíveis e estanques em face das desigualdades territoriais, limitam o fortalecimento da capacidade protetiva de famílias de baixa renda. Para abordagem do tema proposto, elegeu-se como objeto a mensuração e análise das desigualdades socioterritoriais e seus desdobramentos para a capacidade protetiva de famílias de baixa renda. Os caminhos metodológicos que norteiam a construção desta tese baseiam-se em pesquisa de natureza quantitativa e qualitativa, envolvendo levantamento, leitura e síntese de material bibliográfico e documental. E ainda aplicação de questionário a um total de 166 responsáveis pelas famílias beneficiárias do PBF, residentes em sete bairros referenciados ao Centro de Referência da Assistência Social - CRAS Santa Felicidade, localizado na região Sul da cidade de Maringá - PR. A análise das desigualdades interurbanas, sustentada pelo indicador proteção/desproteção social, construído e testado pelo Núcleo de Pesquisa em Assistência Social - NEPSAS/ PUC-SP, como parte da Matriz da Capacidade Protetiva de Famílias , possibilita a identificação de um conjunto de demandas que, caracterizadas pela fragilidade de vínculos de cidadania com os equipamentos e serviços de assistência social, saúde e educação, coloca-se como indicativo para o fortalecimento do diálogo intersetorial das políticas públicas, com vistas ao reconhecimento de direitos de famílias de baixa renda
Abstract: This academic essay is aimed at the study on parent protective capacity of families assisted with the Bolsa Familia welfare program. It is also aimed at the living areas of those families referent to the basic protection in National Politics Welfare PNAS/2004. This thesis statements that the centrality around the indicators that conduct welfare basic protection are inflexible and airtight when facing territorial inequality and thus it restricts protective capacity strengthening of low income families. In order to approach the following essay assignment, the measurement and analysis of socio-territory inequalities and its ramifications towards the protective capacity strengthening of low income families were chosen to be the subject matter of the research. The methodological guidance leading this essay is based on quantitative and qualitative researches which involved mapping, reading and synthesizing bibliographical and documental dada. Besides that, it was given out questionnaires to 166 families caretakers who receive assistance from the governmental program Bolsa Familia. Those families are distributed among seven neighborhoods belonging to the Santa Felicidade Welfare Reference Center in the Southern region of the city of Maringá in Paraná. The analysis of interurban inequalities supported by the indicator social protection unprotected, built and tested by Welfare Research Centre - NEPSAS/PUC-SP, as part of the Families Protective Capacity Matrix made it possible the identification of a demand-driven set characterized by fragile ties of citizenship with welfare apparatus and services, health and education, it is an indicator towards the strengthen of public policies intersectorial dialog aiming at the rights acknowledgement of low income families
Palavras-chave: Assistência social
Capacidade protetiva de famílias
Desigualdades territoriais
Welfare
Parent protective capacity
Territorial inequalities
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Bello, Marília Gonçalves Dal. Parent protective capacity: prisms on territorial inequality. 2014. 221 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17711
Data de defesa: 8-Dec-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marilia Goncalves Das Bello.pdf3,23 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.