???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17713
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mulher moradora na rua - espaços e vivências: um estudo exploratório sobre as moradoras na rua em Campinas,SP
Autor: Tiene, Izalene 
Primeiro orientador: Sposati, Aldaíza
Resumo: Vários fatores determinam a situação da mulher que vive e mora na rua, em um cenário nacional de exclusão social de grande parte da população, no qual esta mulher é a mais vulnerável. Ao identificar seu espaço e suas vivências, este estudo se propõe a discutir seus elementos específicos, a partir de nove depoimentos de mulheres (três jovens e seis de meia idade) que freqüentam a Casa dos Amigos de São Francisco, entre outros serviços, em Campinas SP. Objetivei entender as rupturas que se operam nos padrões de vida da mulher, anteriores à sua vida na rua, as privações por ela vividas, as novas relações que se estabelecem, bem como o seu atendimento nos serviços filantrópicos e públicos de atenção a suas necessidades. Constato que as jovens estão na rua por sucessivos processos de desorganização familiar. As mais velhas apresentam uma certa intencionalidade ao estar nas ruas. A maioria das entrevistadas mantém vínculos com os filhos e/ou alguém da família de origem. Todas vivem com e sob a proteção de um homem, em um grupo misto e bastante heterogêneo, que denomino de grupo família, segundo o que suas falas sugerem. Fixam a moradia em cantos do centro da cidade, que chamo, na análise, de abrigo. Essas mulheres reconstituem imaginariamente, no grupo e no abrigo, sua casa e mantém papéis domésticos tradicionais, principalmente a submissão sexual. Nas correrias para a sobrevivência, mantém-se a divisão sexual do trabalho, à exceção das jovens, sujeitas a se envolverem com drogas e transgressões. Todas elas utilizam os serviços de assistência apenas para a higiene pessoal e em caso de necessidades imediatas, embora a Casa São Francisco ofereça atividades sócio-culturais. A partir dessas constatações, procuro traçar alguns indicadores para um aprofundamento da compreensão da assistência social como direito de cidadania e indicar possíveis alternativas de serviços a essa população em Campinas
Palavras-chave: Exclusão social
Moradoras de rua
Pessoas desabrigadas -- Campinas, SP
Mulheres -- Campinas, SP -- Condicoes sociais
Marginalidade social -- Campinas, SP
Assistencia social -- Campinas, SP
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Tiene, Izalene. Mulher moradora na rua - espaços e vivências: um estudo exploratório sobre as moradoras na rua em Campinas,SP. 2000. 195 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17713
Data de defesa: 30-Mar-2000
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Izalene Tiene.pdf6,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.