???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17721
Tipo do documento: Dissertação
Título: Concepções sobre o processo saúde-doença dos assistentes sociais das Unidades Básicas de Saúde da supervisão Lapa/Pinheiros (SMS-SP/2014): implicações para a prática profissional
Título(s) alternativo(s): Concepts of the health-disease process of social workers of Basic Health Units supervision Lapa/ Pinheiros (SMS-SP/2014): implications for professional practice
Autor: Macedo, Camila Cristine Almeida de 
Primeiro orientador: Marsiglia, Regina Maria Giffoni
Resumo: A dissertação aborda a historicidade das concepções do processo saúde-doença nas sociedades como construções ideais de realidades concretas e práticas desenvolvidas por assistentes sociais na Atenção Básica em Saúde. Objetivo Geral: conhecer as concepções sobre esse processo entre os assistentes sociais que atuam nas UBS. Específicos: ações, expectativas de trabalho, relação entre concepções e prática; contribuir para o debate sobre a prática profissional na saúde. Referencial teórico: concepções sobre o processo saúde-doença nas sociedades ocidentais, categoria trabalho no desenvolvimento do capitalismo e em serviços, política de saúde e Atenção Básica à Saúde no Brasil e em São Paulo, inserção do Serviço Social na Saúde. Metodologia: Pesquisa bibliográfica, documental, bancos de dados da SMSSP, Unidades Básicas de Saúde- UBS da Supervisão Técnica de Saúde Lapa-Pinheiros, Região Centro Oeste. Entrevistas semiestruturadas com assistentes sociais dessas UBS: concepções sobre o processo saúde-doença, ações desenvolvidas e expectativas de trabalho. Resultados: UBS organizadas sob diferentes modelos: Ações Programáticas, Estratégia Saúde da Família, Mista e Integral. Predominância de profissionais do sexo feminino, dois subgrupos entre as faixas etárias de 20 a 39 anos, e 50 a 60 anos. Com tempo de trabalho em UBS entre 1 e 10 anos. Com tempo de formação entre 6 e 10 anos, em diferentes instituições de ensino. Especialização mais frequente em Família, seguida de Saúde Pública. Concepções variadas do processo como a definição da OMS, a multifatorial e a determinação social. Várias ações desenvolvidas na prática. Conclusões: Concepções sobre o processo saúdedoença, predominantemente multifatoriais, prática profissional cotidiana desenvolvida, na maioria das vezes, em unidades de saúde precarizadas, predominando ações de caráter assistencial
Abstract: The dissertation focuses on the historicity of the conceptions of the health disease in societies as ideal constructions of concrete realities and practices developed by social workers in the Primary Health Care. General Purpose: Identify what this process is about among social workers working in UBS. Specific: Actions, job prospects, relationship between concepts and practice: contribute to the debate on professional practice in health. Theoretical framework: Concepts about the health disease process in Western societies; work category in the development of capitalism and services; health policy and attention to Primary Health Care in Brazil and São Paulo; insertion of Social Work in Health. Methodology: Literature search, documents, database of SMSSP, Basic Units of Health Health Technical Supervision of UBS-/Lapa- /Pinheiros, Central West Region. Semi-structured interviews with social workers of these UBSs: conceptions about the health-disease process, actions taken and work expectations. Results: UBS organized under different models: Programmatic Actions, Family Health Strategy, Mixed and Integral. Predominance of female professionals, two sub-groups between the age groups 20-39 years and 50-60 years. With UBS working experience between 1 and 10 years. With training time between 6 and 10 years in different educational institutions. More frequent specialization in Family, followed by Public Health. Different conceptions of the process as the WHO definition, the multifactorial and social determination. Several actions developed in practice. Conclusions: Conceptions of the health-disease process predominantly multifactorial, daily professional practice developed most often in precarious health facilities, predominantly aid-oriented actions
Palavras-chave: Concepções sobre o processo Saúde-Doença
Unidades Básicas de Saúde
Serviço Social na atenção básica em saúde
Conceptions of the health-disease process
Basic Health Units
Social work in primary health care
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Macedo, Camila Cristine Almeida de. Concepts of the health-disease process of social workers of Basic Health Units supervision Lapa/ Pinheiros (SMS-SP/2014): implications for professional practice. 2015. 157 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17721
Data de defesa: 6-Apr-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Camila Cristine Almeida de Macedo.pdf1,17 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.