???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17731
Tipo do documento: Dissertação
Título: Centro de Referência da Mulher Casa Brasilândia: um estudo sobre o processo de abrigamento de mulheres em situação de risco de morte na cidade de São Paulo
Autor: Izumi, Maria Nilda Conceição 
Primeiro orientador: Paz, Rosangela Dias Oliveira da
Resumo: Esta pesquisa tem por foco o estudo das determinações postas na situação de violência de gênero para compreender o processo de abrigamento e desabrigamento das mulheres em situação de risco e ameaça de morte atendidas pelo Centro de Referência da Mulher Casa Brasilândia. A violência contra a mulher é considerada uma das expressões da questão social, objeto de trabalho dos assistentes sociais, está presente na sociedade brasileira e no mundo, nas suas diferentes modalidades e dimensões, e expressa números considerados alarmantes. O encaminhamento para as Casas-abrigo se apresenta como uma medida extrema, necessária para a integridade física e psicológica da mulher nas situações em que se encontra ameaçada e exposta a risco iminente de morte, e não existem alternativas possíveis para mantê-las afastadas do autor da agressão e/ou ameaça. A pesquisa em fontes teóricas incidiu nas categorias: relações de gênero, movimento feminista, violência doméstica contra a mulher, violência de gênero e mulheres abrigadas. A pesquisa bibliográfica consistiu na busca de dados acerca da violência doméstica em fontes eletrônicas, assim como livros, revistas, jornais, artigos científicos e pesquisas quantitativas. A pesquisa empírica, de natureza qualitativa, recaiu no estudo de 72 prontuários de mulheres atendidas pelo CRM e encaminhadas às casas-abrigo no período de 2011 a 2014. Além da pesquisa documental, entrevistamos duas mulheres para que pudessem falar por si mesmas sobre a vivência do processo de abrigamento e desabrigamento, buscando compreender os significados que elas atribuíram ao vivido. Foram entrevistadas, também, uma assistente social e uma psicóloga (coordenadora), da equipe técnica do Centro Referência da Mulher Casa Brasilândia, com o objetivo de conhecer qual o entendimento que estas profissionais têm acerca do processo de abrigamento e desabrigamento de mulheres vítimas de violência e ameaçadas de morte. No processo de abrigamento e desabrigamento, pudemos localizar três momentos: 1. o abrigamento, quando analisamos os motivos que levaram ao abrigamento e a decisão de ingressar no abrigo; 2. a permanência no abrigo, quando se evidenciaram as dificuldades de observância das regras e a convivência interpessoal dentro do abrigo; 3. o desabrigamento, com foco nos motivos do desabrigamento, analisando os riscos e possibilidades postas nessa situação em relação à garantia da integridade física e emocional dessas mulheres. Concluímos que, apesar dos avanços em relação ao marco legal e serviços de atenção à violência doméstica contra a mulher, ainda perdura a omissão do Estado, na medida em que esta expressão da questão social ainda não é percebida como questão de caráter público, que exige estratégias de enfrentamento também públicas
Abstract: This research aims to study the determinations of gender-based violence with the goal to understand the process of institutionalization and deinstitutionalization of women at risk and threat of death who were attended at the Woman's Reference Center (WRC) called Casa Brasilândia. Violence against women is a social question which is the work's object of social workers, and is present in Brazilian society as well as in the world s in its various forms, dimensions and expresses shocking data. The referral to the shelters is offered as an extreme option used to ensure the physical and psychological integrity of women exposed to imminent risk of death and when there are no other possibilities to keep them away of the author's aggression or threat. The theoretical research was based on the categories: gender-based relations, women's movement, domestic violence against women, gender-based violence and institutionalized women. The literature was focused in finding information about domestic violence in electronic sources, as well as in books, magazines, newspapers, journal articles, and quantitative research. The empirical research, which was also qualitative, discovered 72 records of women assisted by WRC and who were sent to shelters from 2011 to 2014. Beyond the documentary research, we interviewed two women so they could speak for themselves about the experience of the being in and out of the shelter. Throughout these two interviews we could understand the meanings that the women attributed to their own experience. We interviewed, also, a social worker and a psychologist (coordinator), both from the technical team of the WRC Casa Brasilândia in order to know what was their comprehension about the process of institutionalization and deinstitutionalization of women who suffered violence and were threatened of death. In the process of institutionalization and deinstitutionalization we could find three stages: 1. the institutionalization, when we analyzed the reasons that led to this decision; 2. the permanence in the shelter and all the difficulties related to rule's compliance and interpersonal cohabitation; 3. the deinstitutionalization, trying to understand the reasons for this, analyzing the risks and possibilities about the physical and emotional integrity of these women. In conclusion, despite of the progress related to the legal protection and organized services, we still face a negligent State and a lack of resources to fight against gender-based violence. This kind of violence is not understood as part of a major situation of violence and as part of the social question which requires public politics to solve
Palavras-chave: Violência de gênero
Violência doméstica
Mulheres abrigadas
Casa-abrigo
Centro de Referência da Mulher Casa Brasilândia
Gender-based violence
Domestic violence
Institutionalized women
Shelter
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Izumi, Maria Nilda Conceição. Centro de Referência da Mulher Casa Brasilândia: um estudo sobre o processo de abrigamento de mulheres em situação de risco de morte na cidade de São Paulo. 2015. 199 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17731
Data de defesa: 4-May-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Nilda Conceicao Izumi.pdf2,2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.