???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17744
Tipo do documento: Dissertação
Título: Língua Brasileira de Sinais: uma ponte de amor entre pais ouvintes e filhos surdos
Título(s) alternativo(s): Brazilian Language of Signs: a bridge of love between parents listeners and deaf children
Autor: Franco, Lidiane Helena Reinaldo
Primeiro orientador: Yasbek, Maria Carmelita
Resumo: A comunidade surda no Brasil, segundo o Censo do IBGE 2010 apresenta 344,2 mil pessoas surdas, nosso país reconheceu a Língua Brasileira de Sinais em abril de 2002, desde este período estamos tendo novos direcionamentos legais específicos à população que necessita de acessibilidade e integração social por meio da língua de sinais. Apresentamos a história da língua de sinais e os atuais engendramento dos arranjos familiares, para articular de maneira específica com aquelas que possuem filhos com deficiência na área da surdez. Buscamos descrever o impacto que ocorre e envolve os pais no momento da descoberta da surdez, todo sofrimento que se aproxima a uma espécie de enlutamento, em via de regra, causa inicialmente um distanciamento dos pais, seja causada pela surdez em si, seja pela fuga acometida por muitos. Isso faz com que a criança surda seja prejudicada em seu processo de formação biopsicossocial desde a sua primeira infância, que acaba por comprometer toda sua vida. Nosso tema se refere à necessidade fundamental do conhecimento da língua de sinais como forma de comunicação entre pais ouvintes e filhos com surdez, visando que essas famílias possam ter acesso e conhecimento sobre a Língua Brasileira de Sinais e a importância do aprendizado da língua de sinais como mediação do desenvolvimento da comunicação entre a família, na sociedade, como fortalecimento da formação de identidade do sujeito surdo, de sua composição social, visando seu processo de individuação e formação para vida adulta e a Língua Brasileira de Sinais, faz uma ponte entre o individuo e sua formação global como um ser social. Registramos o papel fundamental de formação dos profissionais do Serviço Social e outras áreas que atuam em contato com a sociedade, oportunizando o conhecimento, a desmitificação do preconceito e a oportunidade de termos na atualidade técnicos que possam ter diferenciais para intervenção nas equipes interdisciplinares. A realização da pesquisa deu-se em dois momentos ao contemplar resultados da pesquisa realizada em 2010 com pais ouvintes e filhos surdos em idade adulta e das entrevistas realizadas em 2014 com duas mães ouvintes com filhos surdos adultos. A análise dos conteúdos apresenta pontos de reflexão de como podemos intervir de forma eficaz para formação de profissionais com vistas a inclusão. Estamos interessados em buscar novos desdobramentos e parcerias para discussões. Por fim esperamos fornecer àqueles que possuem filho(a) surdo(a), caminhos para a superação dos entraves da comunicação e o despertamento de profissionais e da comunidade acadêmica para uma temática que envolve toda a sociedade
Abstract: The deaf community in Brazil, according to the Census of the IBGE 2010 presents 344,2 thousand deaf people, our country recognized the Brazilian Language of Signs in April of 2002, from this period we are having new legal directives specific to the population that needs accessibility and social integration through the language of signs. We present the history of the language of signs and the current situation of the familiar arrangements, to articulate in specific way with children s parents with deficiency in the area of the deafness. We have described the impact that takes place and wraps the parents at the moment of the discovery of the deafness, all suffering that is brought near to a sort of mourning. Consequently it causes initially a distancing of the parents caused by the deafness in their-self like an escape behavior presented by many people. That does so that the deaf child is damaged in his process of formation bio-psycho-social from his early childhood, which compromises the child s life. Our subject refers to the basic necessity of the knowledge of the language of signs like the form of communication between parents listeners and children with deafness. Looking forward that these families could have access and knowledge on the Brazilian Language of Signs and the importance of the apprenticeship of the language of signs like mediation of the development of the communication between the family and in the society. Strengthening the formation of the identity of the deaf person, and his social composition, aiming at his process of preparation and formation for an adult life with the Brazilian Language of Signs. Working as bridge between the individual and the global formation like a social being. We registered the deep paper of the Social Service professionals and other areas that act in contact with the society creating the opportunity to acquire knowledge and demystify prejudice and bring the opportunity with current technicians who could have positive differentials for intervention in the interdisciplinary teams.The realization of the research happened at two moments while checking the research carried out in 2010 with parents in adult age and from the interviews carried out in 2014 with two mothers listeners with deaf adult children. The analysis of the contents presents points of reflection of as we can intervene in an efficient form for professionals' formation with sights in the inclusion. We are interested in looking for new ramifications and partnerships for discussions. And last but not least, we hope it can provide for those who have son/daughter to emerge for the overcoming of hamper ways of the communication. Also the wakening of professionals and of the academic community for a theme that wraps the whole society
Palavras-chave: Língua Brasileira de Sinais
LIBRAS
Família
Comunicação
Pais ouvintes e filhos surdos
Brazilian Language of Signs
Family
Communication
Parents listeners and deaf children
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Franco, Lidiane Helena Reinaldo. Brazilian Language of Signs: a bridge of love between parents listeners and deaf children. 2015. 141 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17744
Data de defesa: 29-May-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lidiane Helena Reinaldo Franco.pdf2,02 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.