???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17756
Tipo do documento: Tese
Título:  Por sua culpa, sua tão grande culpa : um estudo sobre o processo de naturalização, responsabilização e culpabilização das mães dos meninos e meninas em situação de rua
Autor: Oliveira, Everaldo Santos 
Primeiro orientador: Campos, Marta Silva
Resumo: A presente pesquisa realiza uma análise sobre o processo de responsabilização das mães das crianças e adolescentes em situação de rua, pelo contexto de abandono no qual os seus filhos se encontram. A presença de crianças e adolescentes vivendo nas ruas das nossas cidades se constitui em uma das mais cruéis expressões da desigualdade social que atinge o nosso país. Este fenômeno não é recente na história do Brasil, e mesmo com os avanços econômicos, sociais e legais nas últimas décadas, persiste em existir. Vários estudos científicos já foram realizados sobre este tema, todavia, há uma prevalência nesses debates teóricos de uma discussão em torno dos diversos fatores geradores desse fenômeno e das políticas de atendimento a essa população. No campo conceitual e empírico não encontramos uma reflexão mais aprofundada sobre a importância da mãe dos meninos e meninas em situação de rua como provedora afetiva, moral e material na vida de seus filhos e de toda a família. Esta tese objetivou o desenvolvimento de uma análise sobre o processo de naturalização e de responsabilização dos papeis socialmente atribuídos à instituição familiar, mais especificamente à figura materna, no cuidado material e emocional dos seus filhos, e à consequente culpabilização dessas mães que, por diversos motivos, não correspondem às exigências morais, sociais e legais impostas pelos mais diversos segmentos da sociedade. Este estudo também buscou analisar, na perspectiva da figura da mãe, os motivos que levaram seu filho a buscar a experiência de viver na rua. O processo metodológico fundamenta-se na análise sócio-histórica das abordagens conceituais sobre família, gênero, raça/etnia, aprofundando as diferentes determinações do tema abordado em relação às crianças, adolescentes e suas famílias. Realizou-se estudo de caso a partir da análise das trajetórias de vida de três mulheres mães de adolescentes e jovens em situação de rua, entrevistadas nesta pesquisa. Através dessas análises foi possível perceber o quanto esses relatos individuais se articulam em torno de certos acontecimentos individuais e coletivos, superando assim o caráter unicamente subjetivo. A categorização e análise das falas das pessoas-sujeitos levou em consideração o fato de que na pesquisa quantitativa a coleta dos dados se dá em um contexto fluente de relações no processo interativo com os sujeitos, com o objetivo de atingir a sua essência. A opção por essa forma de pesquisa se deu justamente ao fato dela estimular as entrevistadas a pensar livremente sobre algum tema, objeto ou conceito, o que permitiu ao pesquisador acessar aspectos objetivos, mas também subjetivos, dos entrevistados, de maneira espontânea. A partir da análise e discussão dos dados pode-se afirmar que apesar de todas as adversidades e desencontros que marcam as vidas dessas mulheres, são elas aquelas que assumem o árdua missão de ser o esteio da família e a principal referência afetiva e moral para os seus filhos
Abstract: This research makes an analysis of the process of accountability of mothers of children and adolescents living on the streets, abandonment context in which their children are. The presence of children and adolescents living on the streets of our cities constitutes one of the cruelest expressions of social inequality that affects our country. This phenomenon is not new in the history of Brazil, and even with the economic, social and legal advances in recent decades, continues to exist. Several scientific studies have been conducted on this topic, however, there is a prevalence in these theoretical debates a discussion of the various factors causing this phenomenon and care to this population policies. In conceptual and empirical field we did not find a deeper reflection on the importance of the mother of the boys and girls on the streets as provider affective, moral and material in the lives of their children and the whole family. This thesis aims to develop an analysis of the naturalization process and accountability of the roles socially assigned to the family institution, more specifically the mother figure in the material and emotional care of their children, and the consequent "blame" those mothers who, for various reasons, do not correspond to moral, social and legal imposed by various segments of society. This study also sought to analyze the mother figure of perspective, the reasons why your child to get the experience of living on the street. The methodological process is based on the socio-historical analysis of conceptual approaches on family, gender, race / ethnicity, deepening the different theme determinations addressed in relation to children, adolescents and their families. We conducted a case study based on the analysis of the life stories of three women mothers of young people on the streets, interviewed for this search. Through these analyzes it was possible to realize how much these individual reports are organized around certain individual and collective events, moving beyond the merely subjective character. The categorization and analysis of the speeches of the people-subject took into consideration the fact that in quantitative research data collection occurs in a context fluent relations in the interactive process with the subjects, in order to reach its essence. Opting for this type of research is rightly given the fact that it encourage respondents to think freely about any subject, object, or concept, which allowed researchers to access objective aspects, but also subjective, of respondents spontaneously. From the analysis and discussion of the data it can be said that despite all the adversities and misunderstandings that mark the lives of these women, they are those who take on the difficult task of being the mainstay of the family and the primary affective and moral reference for your children
Palavras-chave: Família
Mães
Crianças e adolescentes em situação de rua
Family
Mothers
Children and adolescents living on the streets
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Oliveira, Everaldo Santos. Por sua culpa, sua tão grande culpa : um estudo sobre o processo de naturalização, responsabilização e culpabilização das mães dos meninos e meninas em situação de rua. 2015. 169 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17756
Data de defesa: 5-Nov-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Everaldo Santos Oliveira.pdf780,81 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.