???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17843
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estresse e trabalho: os assistentes sociais na mira do Burnout
Título(s) alternativo(s): Stress and work: the social assistants on the sight of Burnout
Autor: Araujo, Adriana Bispo de 
Primeiro orientador: Rodrigues, Maria Lucia
Resumo: A Síndrome Burnout (termo em inglês que significa algo como "perder o fogo" ou "perder a energia") reúne um conjunto de sintomas físicos, psíquicos, comportamentais e defensivos que caracterizam um estresse laboral crônico, comprometendo a performance e a saúde do trabalhador. Profissionais que prestam assistência ou são responsáveis pelo desenvolvimento de outras pessoas, segundo investigações científicas, estão mais vulneráveis à Síndrome, caracterizada por três dimensões: exaustão emocional, despersonalização e reduzida realização profissional. Dada a especificidade da atuação profissional, o assistente social é um dos sujeitos suscetível ao Burnout. A escassez de estudos sobre o tema motivou a pesquisa que ora apresentamos. Adotamos como metodologia a construção e utilização de um instrumento autoinforme com 28 questões para ser respondido, por meio de uma escala do tipo Likert de 06 pontos. Na ausência de estudos anteriores articulando a síndrome Burnout e a categoria dos assistentes sociais, esses resultados revestem-se de importância e alerta aos profissionais, ressaltando que o estresse merece atenção especial quando se cronifica e faz adoecer
Abstract: The Burnout Syndrome (in English means something like "to lese the tire" or "to lese the energy") gathers a sei of physicals, psychics, behaviors and defensives symptoms which characterizes a chronic labor stress. Professionals who give assistance or are responsible for other people development, based on scientific investigations, are more vulnerable to the Syndrome, which is characterized by three dimensions: emotional exhausting, depersonalization, and reduced professional realization. The Social Assistant is one of suscetible people to the Burnout because of the specificity of its professional actuation. The scarcity of studies in such theme motivated the presented research. The methodology consisted on a construction of a 28 questions questionnaire to be answered on a 06 points scale Likert type. Due to the lack of anterior studies which articulates de Bumout Syndrome and the Social Assistants category,these results become of great importance and alert to the professionals, standing out that the stress deserves special attention when gets chronic1e and makes us ill
Palavras-chave: Estresse
Trabalho
Assistentes sociais
Stress
Work
Burnout
Social assistants
Stress ocupacional
Burnout (Psicologia)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Araujo, Adriana Bispo de. Estresse e trabalho: os assistentes sociais na mira do Burnout. 2004. 82 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17843
Data de defesa: 1-Nov-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
adriana araujo.pdf7,9 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.