???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17865
Tipo do documento: Dissertação
Título: Gravidez de adolescentes das classes subalternas: um projeto de vida?
Autor: Teixeira, Elba Couto 
Primeiro orientador: Degenszajn, Raquel Raichelis
Resumo: A gravidez na adolescência constituiu o objeto de estudo deste trabalho. A investigação centrou-se nos fatores que levam adolescentes dos segmentos subalternizados das classes trabalhadoras, com idade entre 15 e 18 anos, a se tornarem mães, mesmo tendo acesso à informação sobre como se prevenir para evitar uma possível gravidez. O presente estudo buscou compreender por quais motivos e em que circunstâncias sociais essas jovens escolheram a maternidade, questionando se esta opção é parte de um projeto de vida. Indagou-se sobre o significado da maternidade para as jovens e as mudanças ocorridas em seu cotidiano a partir dessa nova realidade. A pesquisa considerou também a avaliação dos jovens com relação ao fato de serem pais na adolescência, incorporando-os como sujeitos da investigação. A idéia diretriz norteadora da pesquisa foi verificar se a gravidez entre as adolescentes das classes subalternas pode ser vista como uma forma de reconhecimento social, diante das poucas oportunidades de valorização dessas jovens no contexto social em que vivem. A pesquisa evidenciou que, para algumas jovens, a gravidez representa a possibilidade de construção de um projeto de vida e a oportunidade de se sentirem valorizadas pela sociedade, a despeito de sofrerem, ao mesmo tempo, restrições e discriminações sociais. Em menores proporções, a gravidez na adolescência ocorre também nas classes média e alta, revelando, portanto, a presença de outros elementos envolvidos nessa problemática, como as relações de gênero, as dificuldades familiares e sociais de abordar e falar sobre sexo e proteção, independentemente da classe social e da faixa etária
Abstract: The object of study of this research paper is pregnancy in adolescence. The investigation focuses on the factors which lead adolescents, between 15 and 18 years of age and from the marginalized population, to become mothers even when they have access to information on how to prevent and avoid a possible pregnancy. The present study seeks to understand for what motives and under which social circumstances these young women choose motherhood, questioning whether this option is part of a life plan. It inquires about the significance of motherhood for these young mothers and the changes which occur in their daily lives as they begin to live this new reality. The research also considers the evaluation of these young women themselves, about the fact that they are adolescent parents, thereby including them as subjects in the investigation. The guiding idea of the research was to verify if pregnancy in adolescents of the marginalized population can be seen as a form of social recognition, in face of the lack of opportunity to be valued in the social context in which they live. The research showed that, for some young women, pregnancy represents the possibility to construct a life plan and the opportunity to feel valued by society, despite, at the same time, suffering both restrictions and social discrimination. In lower proportions, pregnancy in adolescents occurs in the middle and upper classes, thereby revealing the presence of other elements in this problematic situation, such as gender relations, social and familial difficulties to broach and speak about sex and protection, independent of social class or age.
Palavras-chave: Gravidez
Adolescência
sexualidade
Pregnancy
Adolescence
Sexuality
Gravidez na adolescencia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Teixeira, Elba Couto. Gravidez de adolescentes das classes subalternas: um projeto de vida?. 2007. 158 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17865
Data de defesa: 10-Dec-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elba Couto Teixeira.pdf1,16 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.