???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17869
Tipo do documento: Dissertação
Título: A marca da violência e a reincidência na medida socioeducativa
Autor: Silva, Lúcia Helena Anastácio da 
Primeiro orientador: Rodrigues, Maria Lúcia
Resumo: A marca da violência e a reincidência na medida socioeducativa do adolescente autor de ato infracional tem por objetivo mostrar os desdobramentos da reincidência, as implicações da violência e as suas vertentes de explicação, a criminalidade juvenil e a integração perversa. Traçamos um breve histórico sobre os aspectos jurídicos da reincidência e sua relação com o processo sócio-penal na menoridade, desde o Império até o advento do ECA, com ênfase na Lei Menorista e na institucionalização da criança e do adolescente até a FEBEM atual. O eixo teórico também recai sobre as categorias de análise, marca, estigma e exclusão social, que nos levaram a espelhar à luz de GOFFMAN (1988) e SPOSATI (2000). A metodologia utilizada na pesquisa foi de abordagem qualitativa, a partir da seleção de seis adolescentes, que falam de sua trajetória, seus motivos e interpretações sobre as experiências vividas, levando-nos à reflexão sobre a reincidência a partir deles próprios. Buscamos aprender como a conduta social reincidente é resultado da forma como o sujeito percebe o universo que o circunda, seus valores e julgamentos, reinterpretados a partir de sua experiência de vida, e a sua percepção da possibilidade de rompimento com essa marca
Abstract: The imprint of violence and its repetitive strain, on a social/educational aspect of youngsters, guilty of misdemeanours, targets of violence and possible explications for such behavior, juvenile criminality and hostile integration . We outlive a brief history of juridical aspects of repeated crime and its relationship to the social/penal process on minors, from the Empire to the coming of ECA, stressing the "Minorist Law" and child and youth instituanalizing until current FEBEM (State Juvenile Foundation). Theoretical forms also aims at analysis, marks, prejudice and social exclusion categories, in the light of Goffman (1988) and Sposati (2000). Methodology used in the research, was quality approach, based on six youngsters, who deal with their paths, motivation and interpretation of lived life experiences, coaching them into reflection on reincidence in crime, such approach having themselves as starting point. We try to fathom how repetitive social behavior, is the result of how global universe is deemed by these in question, values and judgments, reinterpreted from their own life experience and of their own perception of breaching possibility from this pattern
Palavras-chave: Reincidência
Violência
Criminalidade
Estigma
Exclusão social
Reincidence
Violence
Criminality
Prejudice
Social exclusion
Adolescentes e violencia
Crime e criminosos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Silva, Lúcia Helena Anastácio da. A marca da violência e a reincidência na medida socioeducativa. 2007. 177 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17869
Data de defesa: 7-Nov-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucia Helena Anastacio da Silva.pdf886,98 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.