???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17884
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mutirão habitacional autogestionário: experiência do CAAP - grande São Paulo - 1980 e 1990
Autor: Vaz, Ana Luiza de Lyra 
Primeiro orientador: Wanderley, Mariangela Belfiore
Resumo: Esta dissertação trata da origem e consolidação da proposta autogestionária nos mutirões habitacionais de São Paulo, analisando a evolução das relações entre o Estado e a sociedade civil na luta dos movimentos populares de moradia para conquistar uma política habitacional e urbana de caráter social na região metropolitana de São Paulo nas décadas de 1980 e 1990. Toma como base a prática de assessoria técnica do Centro de Assessoria à Autogestão Popular (CAAP), uma organização não-governamental, reconstruindo sua história, e explicitando sua proposta política e técnica e a metodologia desenvolvida. Após estudar as bases históricas e teóricas da autogestão e analisar, dentro de seu próprio contexto, a experiência das Cooperativas Habitacionais por Ajuda Mútua uruguaias, que inspirou as práticas que são objeto de investigação neste estudo, a pesquisa acompanha passo a passo a evolução da idéia da autogestão na solução do problema habitacional para a população de baixa renda e como essa prática autogestionária contribui para que os protagonistas dessa história se vejam como sujeitos históricos. A partir da relação do CAAP com as Associações de Construção Comunitária e com a União de Movimentos de Moradia-SP, o estudo aprofunda a metodologia aplicada em todas as fases do processo do empreendimento autogestionário, com ênfase no trabalho social. São analisados os fatores políticos, técnicos e sociais que impulsionaram a proposta autogestionária, alicerçada nos projetos-piloto do ABC paulista e região sul de São Paulo, a se transformar em política pública na esfera municipal e estadual. Para isso, baseou-se fundamentalmente na produção documental registrada pelo CAAP, na , memória escrita e oral dos sujeitos envolvidos e na prática de assessoria da pesquisadora junto aos movimentos populares. Finalmente, o estudo conclui que o trabalho coletivo no mutirão por autogestão contribui para a consolidação da cidadania, a partir de uma nova visão das relações entre o público e o privado que os movimentos populares da habitação adquirem como sujeitos políticos
Abstract: This dissertation is about the origin and consolidation of the self-management approach in the building task-forces of São Paulo, analysing the evolution of the relationship between the State and the society in the struggle of the popular building movements to achieve an urban and building policy with social characteristics in the metropolitan area of São Paulo in the 1980s and 1990s. It is based on the pratice of technical consultancy of the CAAP (Centro de Assessoria a Autogestão Popular), a non-governmental organization, rebuilding its history and clarifying its political and technical approach and the methodology developed there. After studying the historical and theoretical basis of self-management and analysing, within its own context, the experience of the Uruguayan Cooperativas Habitacionais por Ajuda Mutua, which inspired the practices which are the target of investigation in this study, the research traces step by step the evolution of the idea of self-management in the solution of the housing problem for the low-income population and how this self-management practice contributes for the self-perception of the participants of this movement as history agents. Starting with the relationship between the CAAP and the Associações de Construção Comunitária and the União de Movimentos de Moradia-SP, the study develops the methodology used in all phases of the self-managed entreprenencial process, with an emphasis on social work. The political, technical and social factors that formed the self-management approach are analysed, starting from the pilot projects in the ABC area and in the south of São Paulo that led to the development of a public policy at both city and state level. This study is based on documents kept at the CAAP, on written and oral memories of the , subjects involved and on the consultancy practice of the author with the popular movements. Finally, the study arrives at the conclusion that the collective work in the self-managed task-force contributes to the consolidation of citizenship, providing a new view of the relationship between the public and the private that the popular housing movements acquire as political subjects
Palavras-chave: Habitacao -- Aspectos sociais -- Sao Paulo (SP)
Movimentos sociais urbanos -- Sao Paulo (SP)
Autogestao
Cidadania
Esfera publica
ONG
Sociedade civil
Sujeitos historicos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Vaz, Ana Luiza de Lyra. Mutirão habitacional autogestionário: experiência do CAAP - grande São Paulo - 1980 e 1990. 2000. 177 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17884
Data de defesa: 31-Aug-2000
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ana luiza de lyra vaz.pdf4,47 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.