???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17886
Tipo do documento: Dissertação
Título: O caso do Instituto de Cidadania Empresarial: um estudo sobre a lógica, o imaginário e o discurso empresarial face a ação social de caráter público
Autor: Barletta, Maria Celia Tanus
Primeiro orientador: Carvalho, Maria do Carmo Brant de
Resumo: Amplia-sena última década a atuação da iniciativa privada no campo da ação social, sob a denominação de investimento social privado, filantropia empresarial, ou, ainda, cidadania empresarial, componente e uma das formas de exercício da responsabilidade social empresarial. o conceito de responsabilidade social é introduzido nos processos de gestão empresarial como notório fator de competitividade, face a processos decorrentes da globalização,como a abertura da economia, a privatização das empresas estatais, a crise política e econômica, a introdução de novas tecnologias e a conseqüente reestruturação do mercado de trabalho. Ao mesmo tempo em que o terceiro setor, e em especial o segmento de origem empresarial que o compõe, se apresenta como redentor do público, comprometido com o bem coletivo, coexistem práticas de forte cunho filantrópico, que se desenvolvem de forma isolada, fora das arenas de concertação pública. Este estudo parte da hipótese segundo a qual a iniciativa privada, ao arrebatar para si a sociedade civil, pela via do terceiro setor, legitima e garante seus próprios interesses e pouco contribui para a ampliação da esfera pública. Este estudo de caso tem como objeto a análise da trajetória do Instituto de Cidadania Empresarial - associação civil sem fins econômicos composta por um grupo representativo de empresários brasileiros - no período compreendido entre 1997e 2004, e procura conhecer o imaginário e a lógica de seus associados, com vistasa obter subsídios à compreensão de sua interlocução com a esfera pública. Um estudo de caso é sempre possibilidade de compreender a totalidade, desde que não seja deslocado do contexto e do processo de sua formação e existência. Nesse sentido, considerando tratar-se de uma ação empresarial no contexto neoliberal contemporâneo, a experiência do Instituto de Cidadania Empresarial guarda contradições e ambigüidades, sem dúvida, mas marca também uma experiência relevante de pró-atividade do empresariado nacional
Abstract: Duringthe last decade, the actions of the private initiative in the field of social actions was greatly enlarged under the denomination of investment in the private sector, entrepreneurial philanthropy, or even entrepreneurial citizenship, component and one of the forms of exercising entrepreneurial social responsibility. The concept of social responsibility is introduced in the entrepreneurial management process as a notorious competition factor, in view of the processes arising from globalization, with economic opening, privatization of government-owned companies, political and economic crises, the introduction of new technologies and consequent labor market restructuring. At the sarna time that the third saciar, especially the entrepreneurial origin segment that constitutes it, is presented as public redeemer, committed to the collective wellbeing, strong philanthropic practices co-exist which are developed in an isolated form outside the arenas of public concentration. This study starts with the hypothesis according to which the private initiative, when carries-off to itself the civil society, through the third saciar route, it legitimizes and guarantees its own interests and merely contributes to the public sphere enlargement. The purpose of this case study is to assess the trajectory of Instituto de Cidadania Empresarial (Entrepreneur Citizenship Institute) - a civil association without economic profit purposes constituted by a representativa group of Brazilian entrepreneurs - in the period comprised between 1997 and 2004, and tries to acknowledge the imaginary and logics of its associate members, with the purpose of achieving subsidies for the comprehension and its interlocution with the public sphere. A case study is always the possibility of comprehending the totality. As such, it is necessary to not dislocate it from the context and from its formation and existence processoIn this sense, by considering dealing with an entrepreneurial action in the contemporaneous neo-liberal context, the experience of Institute de Cidadania Empresarial contains contradictions and ambiguities, without question, but also marks a relevant pro-activity experience from the national enterprise
Palavras-chave: Acao social
Iniciativa privada
Instituto de Cidadania Empresarial
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Barletta, Maria Celia Tanus. O caso do Instituto de Cidadania Empresarial: um estudo sobre a lógica, o imaginário e o discurso empresarial face a ação social de caráter público. 2004. 154 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17886
Data de defesa: 30-Nov-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Celia Tanus Barletta.pdf19,36 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.