???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17919
Tipo do documento: Tese
Título: Risco-País e Investment Grade: contribuição do serviço social para sua desmistificação
Título(s) alternativo(s): Country risk and investment grade: social work s contribution to their demystification
Autor: Borgianni, Elisabete 
Primeiro orientador: Baptista, Myrian Veras
Resumo: A presente Tese examina, nos marcos da tradição marxista, o índice Risco-País, bem como as classificações de risco que são elaboradas por agências especializadas. Verifica-se que essas classificações expressam a forma mistificada como as relações sociais próprias do estágio monopolista do capital dão-se a conhecer. A constatação central é a de que, embora o governo brasileiro cite o grau de investimento como uma conquista de toda a sociedade, tais classificações levam em conta tão somente as necessidades de reprodução do capital, notadamente em sua forma financeirizada e rentista, não tendo como foco, em nenhum momento, o real bem-estar da população trabalhadora. Demonstra- se aqui que, pelo contrário, para que um país atinja os melhores graus de classificação de risco do capital é preciso cumprir uma agenda macroeconômica que suponha a supressão de direitos sociais via constrangimentos orçamentários das políticas sociais. Defende-se ainda que esses processos de mistificação, próprios do modo de produção capitalista, podem ser desvelados através de uma análise crítica e de uma postura política que se contrapõem a essa forma de organização societária cuja base é a propriedade privada dos meios fundamentais de produção. Examina-se aqui também o potencial crítico-analítico e político-organizativo que o Serviço Social brasileiro desenvolveu nos últimos anos, propugnando-se que esse potencial o habilita para desempenhar um protagonismo mais forte e mais significativo no debate sobre os rumos da política econômica e social do País. Tal atuação pode ser estimulada com a criação de um sistema de monitoramento de violação de direitos, a ser implementado junto aos Conselhos Regionais e Conselho Federal de Serviço Social, que permita a polarização com os índices que só medem os riscos do capital, a exemplo do Risco-País
Abstract: This paper examines, based on the principles of the Marxist theory, the Country-Risk rating as well as the risk ratings developed by specialized agencies. We show how mystified the social relations which characterize the monopolistic stage of capital are presented. The main finding is that, although the Brazilian government refers to investment grade as an achievement of the society as a whole, such ratings just consider the needs for capital reproduction, mainly in its financial and rentist form, never focusing on the true welfare of the working class. We show that, instead, for a country to reach the best country risk ratings, it needs to follow a macroeconomic agenda that implies social rights suppression through budgetary restraints of social policies. We also maintain that these mystification processes, typical of capitalist production, may be uncovered through critical analysis and a political attitude to oppose this form of social organization based on private property of the main means of production. We also examine the critical-analytical and political-organizational potential the Brazilian Social Work has developed in the last years, and defend the idea that this potential enables it to play a stronger and more meaningful role in the debate about the course of the economical and social policy of the country. Such role may be stimulated by creating a system to monitor violation of human rights - to be implemented by or in the Federal and Regional Social Work Boards - , to counteract ratings that only measure risks to capital, such as Country-Risk
Palavras-chave: Risco-País
Investment Grade
Country-risk
Social work
Investimentos
Risco (Economia)
Servico social -- Brasil
Brasil -- Politica economica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Borgianni, Elisabete. Country risk and investment grade: social work s contribution to their demystification. 2008. 236 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17919
Data de defesa: 3-Oct-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elisabete Borgianni.pdf11,22 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.