???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17958
Tipo do documento: Dissertação
Título: O adoecimento masculino: um sofrimento social silenciado
Autor: Pádua, Sandra Saleti Batista de
Primeiro orientador: Martinelli, Maria Lúcia
Resumo: A dissertação refere-se ao estudo sobre o adoecer do sexo masculino como uma forma de sofrimento social silenciado, tendo como pressuposto que os traços da herança patriarcal seja um dos fatores desencadeadores. É um estudo de caráter ilustrativo e exploratório com a finalidade de ampliar o debate sobre o processo de adoecer do homem brasileiro contemporâneo, sinalizando para a necessidade de políticas públicas direcionadas à saúde masculina. O estudo foi desenvolvido mediante o uso de técnicas quantitativas e qualitativas de pesquisa. Com base no banco de dados do DATASUS foi possível apresentar o panorama nacional sobre as causas mais freqüentes do adoecer e da morte do sexo masculino no ano de 2000. A partir dessas informações os sujeitos foram eleitos e convidados a participar da pesquisa dando depoimentos que foram gravados, transcritos e discutidos. Nessas entrevistas procuramos identificar a relação entre suas falas e os traços da herança patriarcal no universo cultural masculino. A investigação quantitativa demonstrou que a maior incidência de morte é decorrente de causas externas, sendo a agressão a maior causa de morte e doença de homens na faixa etária de 20 a 39 anos. Outra informação importante refere-se aos dados sobre os transtornos mentais e de comportamento como provocadores de doenças e morte em homens na faixa etária de 30 a 49 anos. Os depoimentos orais evidenciaram as estratégias, alicerçadas nos traços da herança patriarcal desenvolvidas, pelos homens e o quanto de sofrimento social silenciado está presente nesta maneira de enfrentar a relação entre a saúde e a doença. Foram entrevistados três sujeitos e suas falas são expressivas da necessidade de políticas públicas direcionadas à saúde do homem.
Palavras-chave: adoecimento masculino
sofrimento social
morbidade masculina
mortalidade masculina
Doença - Aspectos sociais
Homem
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::FUNDAMENTOS DO SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Pádua, Sandra Saleti Batista de. O adoecimento masculino: um sofrimento social silenciado. 2005. 96 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17958
Data de defesa: 30-Jun-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mestrado Sandra Final 20-4-2005.pdf513,4 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.