???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17962
Tipo do documento: Tese
Título: O fio mágico das rendeiras: a ação política das mulheres na redefinição das relações de gênero
Autor: Silva, Zélia Maria Pereira da 
Primeiro orientador: Kameyama, Nobuco
Resumo: Neste estudo, abordo a redefinição das relações de gênero mediada pela ação política das Mulheres em Movimento, tendo como objetivo contribuir ao debate sobre a questão do gênero, entendida como uma relação de poder que enreda não só a dominação dos homens sobre as mulheres mas todo um sistema de dominação/exploração na sociedade capitalista burguesa. O gênero não constitui simplesmente uma estrutura mental subjetiva está enraizado na base material econômica, política e cultural. Nessa perspectiva, expressa uma forma primeva de significação das relações do poder, portanto um elemento constitutivo das relações sociais. O estudo privilegia a mediação da ação política na redefinição das relações de gênero, posto que é na esfera do político que as mulheres resgatam sua história, tanto a nível de um passado longínquo - o tempo biológico e social -, quanto a individual - o tempo singular, o cotidiano e elaboram um saber sobre si e o mundo. Assim esta tese norteia para o modo como é vivenciado o gênero na situação de classe social e de como as Mulheres, como sujeito político, constróem um discurso que busca desvelar e superar a condição que lhes é imposta. Nesse movimento, a redefinição das relações de gênero torna-se evidente, ainda que expressa na fala das mulheres de forma fragmentária, reducionista e algumas vezes contraditória, na afirmação do "ser mulher", na constituição de uma identidade de gênero, na entrada e conquista do espaço público. Ao singrarem esses mares, tentam desenvolver novas práticas e (re)criar concepções que se opõem e confrontam com as tradicionais, imprimindo um sentido ao movimento real. A tendência na redefinição é ultrapassar a compreensão do gênero circunscrita na relação homem e mulher referenciada no espaço privado, abrindo possibilidades de incorporar o poder na análise das relações de gênero e das diversas práticas sociais desvendando a natureza recíproca do gênero e da sociedade
Abstract: Dans cet' étude naus abordons Ia redéfinition des rapports de genre médiatisés par l'action politique des femmes en mouvement ayant comme objeticf présenter une contribution au débat sur Ia question du genre comprise comme une rélation de pouvoir qui impliquen on seulementIa dominationdes hommes sur les femmes mais tout un systeme de domination exploitation dana Ia societé capitaliste bourgeoise. Le genre ne constitue à peine une structure mentale subjective, il est enraciné dana Ia base matérielle économique, politique et culturelle. Dans cette perspective, le genre exprime une forme premiere de signification de rapports de pouvoir, pourtant un élément constitutif des rapports sociaux. L'étude privilégie Ia médiation de l'action politique dana Ia redéfinition des rapports de genre puisque cést dana le champ du politique ou les femmes rançonnent leurs histoires, soit au niveau d'un passé lointain - le temp biologique et social, soit au niveau individual - le temp singulier - mais aussi dana le quotidien ou elles construisent un savoir sur soimême et du monde. Ainsi, cette these se dirige vers le mede comment est vécu le genre dana Ia situation de classe sociale et comment les femmes en tant que sujets politiques construisent un discours qui cherche éveillér et aller au-delá de Ia condition qui leurs est imposée. Dans ce mouvement Ia redéfinition des rapports de genre devient évidente - malgré que xprimés dana le langage des femmes de façon fragmentée, rédutet parfois contradictoire dana l'affirmation du être femme" - dana Ia constitution d'une identité du genre, au fur et à mesure de l'entrée et de Ia conquête d'un espace public. Au cinglarentces mera, elles essayentde développer des pratiques nouvelles et recréer des conceptions qui se opposent et se confrontent avec celles traditionnelles en imprimantun Bens nouveau au mouvement réel. La tendance de Ia redéfinition est aller au-delá de Ia compréhension du genre circonscrite dana le rapport homme et femme référentié dana l'espace privé en ouvrant des possibilités d'incorporer le pouvoir dana l'analyse des rapports de genre et des diverges pratiques sociales, buref en dévoilant Ia nature réciproque du genre et de Ia société
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Silva, Zélia Maria Pereira da. O fio mágico das rendeiras: a ação política das mulheres na redefinição das relações de gênero. 1992. 287 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1992.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17962
Data de defesa: 30-Nov-1992
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Zelia Maria Pereira da Silva.pdf15,37 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.