???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17970
Tipo do documento: Dissertação
Título: Construções possíveis: o convívio em um projeto público de acolhimento familiar
Autor: Dias, Walkyria Acquesta 
Primeiro orientador: Campos, Marta Silva
Resumo: O presente estudo discute a prática de um projeto piloto de acolhimento familiar, à luz da contribuição de conceitos julgados pertinentes ao tema: sofrimento éticopolítico, vínculo e apego, família, resiliência e política social. Referencia-se, ainda, em estudos sobre o tema específico dos trabalhos de acolhimento familiar realizados no Brasil nos últimos anos. A partir do acompanhamento de uma criança e de um adolescente durante um processo de acolhimento formal, busca-se compreender a contribuição dessa medida para seu retorno às respectivas famílias de origem. Revela, sobretudo, como o conviver foi se configurando, a partir das relações estabelecidas entre os sujeitos, bem como os aprendizados e outros ganhos, tanto individuais como familiares, foram se compondo durante o processo. Discute-se a convivência, tanto internamente às famílias de origem e às acolhedoras, como entre ambas, ressaltando a questão dos vínculos afetivos em contextos de vulnerabilidade social. Nesse aspecto, destaca-se que o vínculo anteriormente estabelecido com a família de origem não é comprometido por novos vínculos firmados com a família acolhedora, podendo esta última, ainda, constituir-se como outra referência de relação e afeto tanto para o indivíduo acolhido como para sua família. Tratando-se de um projeto piloto, dentro da formulação de uma política pública, abordam-se questões estruturais, relacionando-as a reflexões acerca do conviver em família. Nesse sentido, o estudo aborda questões relativas à intersetorialidade na execução da medida, o que exige uma gestão democrática e clareza de papéis, para que as ações das várias instituições garantam as finalidades da proposta, sem sobreporem-se ou negligenciarem as famílias e seus filhos. Apesar de algumas das dificuldades constatadas, conclui-se que os resultados indicam elementos presentes na experiência que podem contribuir para a construção, no âmbito dos municípios, de ações mais abrangentes quanto à garantia do direito das crianças e adolescentes à convivência familiar e comunitária
Abstract: This study discusses the practice of a pilot project of family foster care in the light of concepts considered relevant to the subject: ethical-political suffering, bond and attachment, family, resilience and social policy. It also refers to studies on the specific theme of foster family works in Brazil in recent years. From the monitoring of a child and a teenager during a process of formal family fostering, it tries to understand the contribution of this proceeding as they return to their birth families. It especially shows how the experience of living together was set up considering the relationship between the individuals as well as how the learning and other gains, both for the individual and the family, were developed during the process. It discusses the experience of living together, both within the birth and the foster family, as well as between the families themselves, highlighting the subject of affective ties in contexts of social vulnerability. In this regard, it is highlighted that the previously established relationship with the birth family is not affected by the new ties built with the foster family, the latter, moreover, providing itself as another reference of respect and affection for both the individual and their family. Being a pilot project designed for a public policy, it deals with structural issues, relating them to ideas concerning the experience of living in a family. Accordingly, the study addresses cross-sectoral issues when implementing the measure, demanding a democratic management and clarity of roles, so that the actions of various institutions involved ensure the aims of the proposal, without overlapping themselves or neglecting the families and their children. Despite some difficulties it is concluded that the results indicate elements of the experience that can contribute to the construction within the municipalities of a more comprehensive action in order to guarantee the right of children and adolescents to live with a family and a community
Palavras-chave: Acolhimento familiar
Vínculo afetivo
Convivência familiar
Política social
Foster family
Family
Ties
Living together
Social policy
Apego em criancas
Lares adotivos
Familia
Politica social
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Dias, Walkyria Acquesta. Construções possíveis: o convívio em um projeto público de acolhimento familiar. 2009. 155 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17970
Data de defesa: 20-May-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Walkyria Acquesta Dias.pdf793,29 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.