???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17978
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mediação familiar: um recurso interventivo extrajudicial - o relato de experiência na perspectiva do serviço social
Título(s) alternativo(s): Family mediation - an extrajudicial interventional resource: a report of the experiment in the perspective of the social service
Autor: Mazuelos, Elisangela Pereira de Queiros
Primeiro orientador: Martinelli, Maria Lúcia
Resumo: Nesta dissertação, apresento a prática profissional desenvolvida no Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo, bem como a pesquisa realizada a partir da experiência vivenciada com o Programa de Mediação Familiar. No período de um ano de vigência do Programa (2005-2006), trabalhou-se com 60 famílias, que optaram pela utilização de alternativas extrajudiciais para resolver seus conflitos. Desse total, categorizamos 43 famílias, por motivo da procura, faixa etária, nível educacional, perfil do trabalho e bairro de moradia. Esses dados revelaram questões de natureza econômica, jurídico-sociais e socioterritoriais dos grupos familiares que se valeram da mediação familiar. Tais dados foram comparados com estudos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) (2007) e da Pesquisa de Condições de Vida (2006), com vistas a uma adequação ao contexto contemporâneo. Desse conjunto de 43 sujeitos, quatro casais concordaram em participar de outra etapa da pesquisa e autorizaram a gravação dos encontros de mediação familiar, para tanto apoiei-me na metodologia da história oral, que parte da centralidade dos sujeitos e permite conhecer a história das famílias e seus significados. A pesquisa bibliográfica pauto-se na análise das principais categorias referidas à temática em estudo, como: família, desemprego, território, mediação familiar e práticas profissionais. O resultado dessa intervenção confirma que alternativas extrajudiciais, como a mediação familiar, podem amenizar angústias e incertezas vivenciadas pelas famílias, uma vez que lhes é oferecido um espaço de escuta e acolhimento. Esta dissertação apresenta o relato sistematizado da prática profissional e evidencia a importância da intervenção do Serviço Social, apoiada no projeto ético-político da profissão como elemento propulsor de reconstrução de histórias de vida
Abstract: In this dissertation, I present the professional practice developed in the Core of the Juridical Practice of the University Cruzeiro do Sul, in São Paulo, as well as the research done from the experience lived with the Program of Familiar Mediation. In the period of one valid year of the Program (2005 2006), it worked with 60 families, which chose the utilization of extrajudicial alternatives to solve their conflicts. From this total, we categorized 43 families, by the purpose of search, age group, educational level, working profile and living neighborhood. These data revealed questions of the economic, social juridical and social territorial nature of the familiar groups that were availed of the familiar mediation. Such data were compared with the studies of the National Research by the Sample of the Homes (PNAD) (2007) and the Life Conditions Research (2006), with views of an adjustment to the contemporary context. From this set of 43 people, four couples agreed to participate of other stage of the research and authorized the recording of the familiar mediation meetings, therefore I relied on the methodology of the oral history, which comes from the center point of the people and permits to know the history of families and its meanings. The bibliographic research followed the guideline of the analysis of the main categories referred to the theme studied, as: family, unemployment, territory, familiar mediation and professional practices. The result of this intervention confirms the extrajudicial alternatives, as the familiar mediation, it can soothe the agonies and uncertainties lived by the families, once that it is offered to them a space where they can be heard and sheltered. This dissertation presents the systemized report of the professional practice and evidences the importance of the intervention of the Social Service, relied on the ethical political project of the profession as the advancing element of the reconstruction of life histories
Palavras-chave: Família
Desemprego
Family mediation
Family
Unemployment
Professional practice
Universidade Cruzeiro do Sul -- Nucleo de Pratica Juridica
Servico social com a familia
Mediacao familiar
Assistentes sociais -- Pratica profissional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Mazuelos, Elisangela Pereira de Queiros. Family mediation - an extrajudicial interventional resource: a report of the experiment in the perspective of the social service. 2009. 154 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17978
Data de defesa: 8-Jun-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elisangela Pereira de Queiros Mazuelos.pdf5,79 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.