???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18018
Tipo do documento: Tese
Título: Saúde, participação e controle social: lutas e ações estratégicas do Mops/SE pela efetivação dos direitos à saúde em Aracaju/SE (1989-2008)
Título(s) alternativo(s): Health, participation and social control: struggles and strategic actions of Mops/SE for the realization of rights to health in Aracaju/SE (1989-2008)
Autor: Santos, Rosângela Marques dos 
Primeiro orientador: Silva, Maria Lucia Carvalho da
Resumo: Esta pesquisa realiza uma análise das lutas e ações estratégicas desenvolvidas pelo Movimento Popular de Saúde de Sergipe - Mops/SE no período 1989/2008. O objeto de estudo destacou a participação e o controle social com vistas à efetivação dos direitos à saúde. Surgido em Aracaju na década de 1980 o Mops/SE desde então figura no cenário político com um trabalho de construção e fortalecimento das ações voltadas para a construção de uma política social de saúde pública e com qualidade. Para tanto, atua na perspectiva da Educação Popular e investe na formação política de seu militante intentando articular saber científico e saber popular com o objetivo de resgatar e valorizar as práticas culturais populares. Os referenciais teóricos utilizados para a análise das entrevistas e depoimentos foram de base gramsciana e as categorias privilegiadas no estudo foram movimentos sociais, participação e controle social. A pesquisa qualitativa se deu a partir de pesquisa documental e bibliográfica, enriquecida com as observações empíricas durante a realização dos eventos. Foi produzido um Vídeo-Documentário intitulado Mops/Se - 20 Anos Ampliando Conquistas , esse recurso pode ser utilizado com finalidades educativas, além de se constituir num instrumento para garantir a memória histórica do movimento. O estudo sobre as lutas e ações estratégicas do Mops/SE evidenciou a defesa de um projeto político numa perspectiva ampliada de saúde e a sua contribuição na ampliação dos espaços políticos para o exercício da participação e do controle social; as lutas para a construção de processos democráticos de participação e enfrentamento das contradições sociais se dão nos embates entre distintas forças políticas no qual os interesses coletivos nem sempre figuravam como prioridades nas agendas governamentais
Abstract: This research presents an analysis of the struggles and strategic actions developed by the Movement Popular for Health in Sergipe Mops/SE in the period 1989/2008. The object of study highlighted the participation and social control aiming at the realization of rights to health. It appeared in Aracaju in the 1980 Mops/SE in the figure since then socio-political scenario with the work of building and strengthening of actions for the development of a social policy of public health and quality. To do so, acts in connection with the Popular Education and invests in training its militant policy of bringing articulate scientific knowledge and popular knowledge in order to recover and popular cultural practices. The theoretical frameworks used for the analysis of interviews and testimony were based on Gramscian and the privileged categories in the study were social movements, participation and social control. Qualitative research took place from bibliographical an documentary research, enriched with empirical observations during the course of events. She has produced a video documentary entitled Mops/SE 20 Years Expanding Achievements , this feature can be used with educational purposes, in addition to being an instrument to contribute to the historical memory of the movement. The study about the struggles and strategic actions of Mops/SE it highlighted the defense of a political project in a wider perspective of health and its contribution to expand the political space for the exercise of participation and social control and the struggles to build democratic processes participation and confrontation of social contradictions are given in the struggles between different political forces in which collective interests are not always included as a priority in government agendas
Palavras-chave: Movimentos sociais
Controle social
Política social
Saúde
Social movements
Social control
Social policy health
Movimento Popular de Saude de Sergipe
Direito a saude
Politica de saude -- Brasil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Santos, Rosângela Marques dos. Health, participation and social control: struggles and strategic actions of Mops/SE for the realization of rights to health in Aracaju/SE (1989-2008). 2009. 227 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18018
Data de defesa: 23-Oct-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rosangela Marques dos Santos.pdf1,34 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.