???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18023
Tipo do documento: Dissertação
Título: Do chão do cotidiano, o protagonismo do Movimento de Mulheres Camponesas em terras catarinas: uma trajetória de lutas, construindo identidade e conquistando autonomia
Título(s) alternativo(s): From day-by-day ground routine, the leadership of the Countryside Women Movement in the lands of Catarinas: a trajectory of struggle, constructing identity and conquering autonomy
Autor: Lusa, Mailiz Garibotti 
Primeiro orientador: Yasbek, Maria Carmelita
Resumo: Esta dissertação de mestrado trata do Movimento de Mulheres Camponesas em sua organização e atuação no Estado de Santa Catarina (MMC/SC). Tem por finalidade analisar o processo de lutas desse movimento social campesino e feminista, observando a dinâmica de sua organização social, articulação política, bem como as estratégias criadas para efetivação de seus objetivos. Nela debate-se a concepção de mundo rural; os movimentos sociais no Brasil, com destaque para aqueles ligados ao campo; os processos de construção da identidade, autonomia e protagonismo das mulheres camponesas e do Movimento de Mulheres Camponesas, a partir de seus cotidianos de vida e de trabalho; a trajetória sóciohistórica do MMC/SC e nele as lutas e conquistas; bem como a relação entre Serviço Social e espaço rural. Para sua elaboração utilizou-se como marco de fundamentação teórico-metodológica a perspectiva crítico-dialética, adotando-se a abordagem qualitativa de investigação associada à pesquisa de tipo exploratório, muito embora em seu desenvolvimento já se avance para o nível de descrição e explicação da realidade encontrada. Enquanto técnicas procedimentais foram empregadas a pesquisa bibliográfica e documental, além da realização de entrevistas orientadas por roteiro semi-estruturado. Estas últimas foram realizadas com três mulheres camponesas, militantes e dirigentes do Movimento de Mulheres Camponesas em Terras Catarinenses. Em seu desenvolvimento são discutidas categorias teórico-analíticas como, meio rural, agricultura camponesa, movimentos sociais, relações de gênero, identidade, cotidiano, consciência crítica, luta social, protagonismo, autonomia, políticas públicas e Serviço Social. Nas considerações finais aponta-se para o fato de que o espaço rural é constituído por uma diversidade de elementos, os quais exigem atenção no seu reconhecimento, bem como competência profissional para trabalhá-los. Também se assinala a importância dos movimentos sociais no jogo dialético da sociedade, os quais atuam como forças sociais geradoras de transformações sociais, políticas, culturais e, em algumas vezes, econômicas. Colabora-se ainda para o reconhecimento da atuação do Movimento de Mulheres Camponesas de Santa Catarina, na esfera da conquista e garantia dos direitos, bem como no âmbito da efetivação das Políticas Públicas para o campo. E, por fim, pretende indicar o espaço rural como campo urgente de investigações e de atuação profissional do Serviço Social
Abstract: T his dissertacion deals with the Countryside Women Movement in its organization and performance in the State of Santa Catarina (CWM/SC). Its objective is to analyze the process of struggles of this rural and femenist social movement examining the dynamics of its social organization and political articulation, as well as the strategies created to attain its target. It is debated, in this essay, the conception of the rural world, the social movements in Brazil, highlighting the ones linked to the countryside; the processes of construction of the identity, autonomy and leadership of the countryside women and of the Countryside Women Movement, starting from their day-by-day routine life and work; the social-historical trajectory of the CWM/SC and its struggles and conquests; and the relationship between the Social Work and rural space as well. For the elaboration of this work it has been taken as a landmark of therotical-methodological ground a critical-dialectic perspective. It has also been adopted the qualitative approach of investigation, associated with the search of exploitation type, notwithstanding, in its development an advance has already been made in the level of description and explanation of the existent reality. As far as the technical procedures are concerned, it has been applied the documental and bibliographical searches, besides interviews oriented by a semistructured itinerary. The three last interviews were conducted with three countryside women, militants and leaders of the Contryside Women Movement in the Catarinas Lands. Along the development of these interviews it were dicussed theoriticalanalytical categories such as, rural environment, country agriculture, social movements, relations with gender, identity, day-by-day routine, critical conscience, leadership, autonomy, public politics and Social Work. In the final considerations it has been focused on the fact that the rural space being composed by a diversity of elements demands attention to its reward, as well as, professional competence to deal with the rural space. Furthermore, it has also been highlighted the importance of the social movements in the dialectic match of the society that play as a social power, generators of cultural, political and social transformations and, sometimes, economical ones. Yet, it cooperates to the recognition of the performance of the Countryside Women Movement of Santa Catarina in the field of conquest and guarantee of rights and, in the area of attainment of public politics for the countryside as well. Finally this work indicates thus, the rural space as an imperative and urgent field of investigation and professional performance of the Social Work
Palavras-chave: Rural
Movimentos sociais do campo
Lutas sociais
Gênero
Identidade
Políticas públicas para o campo
Countryside social movements
Gender
Identity
Public politics for the countryside
Social work
Movimento de Mulheres Camponesas (SC)
Movimentos sociais -- Santa Catarina, SC
Mulheres do campo -- Condicoes sociais -- Santa Catarina, SC
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Lusa, Mailiz Garibotti. From day-by-day ground routine, the leadership of the Countryside Women Movement in the lands of Catarinas: a trajectory of struggle, constructing identity and conquering autonomy. 2009. 307 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18023
Data de defesa: 7-Dec-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mailiz Garibotti Lusa.pdf3,66 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.