???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18102
Tipo do documento: Dissertação
Título: Formas de fazer ficção: de Final Fantasy VII ao livro eletrônico
Autor: Guimarães Neto, Ernane 
Primeiro orientador: Petry, Luís Carlos
Resumo: Esta dissertação investiga atributos ontológicos de jogos e livros eletrônicos. A abordagem fundamenta-se em autores da Filosofia, da Comunicação e da Ludologia, contrastados e articulados. Os princípios da filosofia nominalista de Nelson Goodman baseiam esse diálogo entre autores. Constrói-se uma filosofia da linguagem que vise a combinação de conceitos como a errância de Heidegger e a ficção desde Platão e Aristóteles. Os instrumentos desenvolvidos a partir dessa estrutura de relações são aplicados a uma interpretação do jogo eletrônico Final Fantasy VII. Pesquisadores de jogos, como Gonzalo Frasca e James Paul Gee, passando por referências da Ludologia como Johan Huizinga e Roger Caillois, são invocados em apoio à compreensão específica desse objeto. Emerge nesse jogo uma separação funcional entre planos narrativos independentes, relacionados ao roteiro ficcional ou à jogabilidade. A partir de reflexões sobre a ontologia do jogo eletrônico, propõe-se um exercício de tradução de Final Fantasy VII para o formato de livro eletrônico. Marshall McLuhan auxilia a pensar sobre o potencial inerente a cada novo meio de expressão; Walter Benjamin faz a ponte entre a tradição ficcional ocidental e características da experiência da recepção, resgatadas pela interatividade proporcionada pelos meios digitais. Marie- Laure Ryan, entre outros autores que utilizaram o repertório dos Estudos Literários para a compreensão dos jogos, complementa a concepção do livro eletrônico produzido. Como resultado, a pesquisa pretende cumprir um triplo papel. Discute conceitos fundamentais da linguagem e suas consequências éticas para o trabalho dos comunicadores; analisa um documento cultural relevante em suas mecânicas e em sua estrutura ficcional; apresenta um livro interativo como exemplo do potencial dos meios eletrônicos de enriquecer a experiência de leitura do texto ficcional, mesmo para produtos que não sejam jogos
Abstract: This dissertation investigates ontological attributes of electronic games and books. This approach is founded on Philosophy, Communication and Ludology authors, contrasted and connected to each other. The principles in Nelson Goodman s nominalist philosophy ground the dialogue among different authors. A philosophy of language is constructed, aiming for the combination of concepts such as Heidegger s errancy and the thoughts on fiction since Plato and Aristotle. The tools obtained from this structure of relations are used for an interpretation of the Final Fantasy VII electronic game. Game researchers, such as Gonzalo Frasca and James Paul Gee, as well as Ludology epitomes such as Johan Huizinga and Roger Caillois, are summoned to support the understanding of this specific subject. From that game emerges a functional separation between independent narrative planes, related either to the fictional plot or playability. Following reflections on the ontology of electronic games, an exercise of translating Final Fantasy VII to e-book format is proposed. Marshall McLuhan helps thinking about the inherent potential in every new expressive medium; Walter Benjamin bridges traditional Western fiction and features of the reception experience, which are regained by digital media-laden interaction. Marie-Laure Ryan, among others who applied Literary Studies to understand games, complements the resulting e-book s conception. As a result, this research intends to accomplish a threefold role. It discusses language fundamentals and their ethical consequences for the work of communicators; analyzes a culturally relevant document in its mechanics and its fictional structure; presents an interactive book as an example of the electronic media potential in enriching the reading experience of fictional texts, even for non-game products
Palavras-chave: Ludologia
Filosofia da linguagem
Ficção
Jogos eletrônicos
Ludology
Philosophy of language
Fiction
Electronic games
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Mídias Digitais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital
Citação: Guimarães Neto, Ernane. Formas de fazer ficção: de Final Fantasy VII ao livro eletrônico. 2012. 181 f. Dissertação (Mestrado em Mídias Digitais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18102
Data de defesa: 14-May-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ernane Guimaraes Neto.pdf18,29 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.