???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18137
Tipo do documento: Dissertação
Título: Fenomenologia do jogo
Título(s) alternativo(s): The phenomenology of game
Autor: Luz, Luís Gustavo 
Primeiro orientador: Petry, Luís Carlos
Resumo: A presente dissertação tem por objetivo compreender o conceito de jogo, à luz da hermenêutica filosófica de Hans-Georg Gadamer, como caminho para a reabilitação da verdade da arte e suas implicações para o pensamento hodierno acerca dos games. A partir do contexto da hegemonização metodológica das ciências naturais, no período da Aufklärung, exposta na primeira parte da obra Verdade e Método, Gadamer critica a posição das Geisteswissenschaft, conformadas pelo cientificismo da época, e propõe a retomada de conceitos humanistas, até então deixados de lado. Contra a ideia de consciência estética de Kant, e consequente subjetivação da arte, o filósofo propõe que a pensemos como uma experiência ontológica, ilustrada pelo jogo. Na estrutura circular da compreensão o movimento de vai-e-vem característico do jogo conduz à verdade da arte, que não se encerra na experiência e está em constante reformulação. Tal noção abala a promessa da Aufklärung, hoje, preponderante no senso comum, abrindo espaço para novas formas de obtenção da verdade. A metodologia empregada é de caráter conceitual-bibliográfico, propondo a uma apresentação e sistematização do problema do jogo e a sua organização como um conceito operativo dentro de um leitura humanista que embasa os estudos dos games
Abstract: This dissertation aims to understand the concept of the game, in light of the philosophical hermeneutics of Hans-Georg Gadamer, as a way to rehabilitate the truth of art and its implications for today's thinking about games. From the context of the methodological hegemony of the natural sciences during the Aufklärung, exposed in the first part of the book Truth and Method, Gadamer criticizes the position of the Geisteswissenschaft, conformed by the scientism of the time, and proposes the resumption of humanistic concepts until then left aside. Against the idea of Kant's aesthetic awareness and consequent subjectivity of art, the philosopher proposes that we think of as an ontological experience, illustrated by the game. In the circular structure of understanding the movement back-and-forth characteristic of the game leads to the truth of art that does not end in the experience and is constantly reshaping. This notion undermines the promise of Aufklärung today predominant in common sense, making room for new ways to obtain the truth. The methodology used was the literature and conceptual research, proposing a presentation and systematization of game problems and its organization as a concept operative within a humanist reading that supports the study of games
Palavras-chave: Hermenêutica filosófica
Arte
Verdade
Jogo
Philosophy hermeneutics
Art
Truth
Game
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Mídias Digitais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital
Citação: Luz, Luís Gustavo. Fenomenologia do jogo. 2013. 57 f. Dissertação (Mestrado em Mídias Digitais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18137
Data de defesa: 11-Nov-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luis Gustavo Luz.pdf474,52 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.