???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18465
Tipo do documento: Dissertação
Título: Repensando as concepções de adolescência
Autor: Clímaco, Adélia Araújo de Souza
Primeiro orientador: Franco, Maria Laura Puglisi Barbosa
Resumo: Nosso objetivo, neste trabalho, foi, fundamentalmente, repensar as concepções de adolescência, a partir do pressuposto de que existe uma vinculação entre as especificidades do processo de adolescência do indivíduo e suas condições sócio-econômico-culturais, da qual as concepções con vencionais não dão conta. o interesse por essa questão teve origem na nossa prática cano professora de psicologia do desenvolvimento, onde constatamos a carência de abordagens nesse sentido. De senvolvemos, assim, uma fundamentação teórica, a partir de algumas obras imprescindíveis aos nossos propósitos (especialmente as de Leontiev e Vygotsky) e, ao mesmo tempo, uma pesquisa empírica, junto a um grupo de adolescentes - alguns de classe trabalhadora, inseridos no mercado de trabalho, e outros de classe média, sem experiência de traba1ho, todos frequentando regularmente a esccla. Indagamos esses jovens sobre as interpretações que eles elaboram frente à sua própria condição de adolescente e à realidade social que os cercam. E, considerando que a vida do indivíduo se desenvolve dentro de um contexto, no qual sobressaem a família, a escola, o trabalho, os amigos, etc., tentamos articular a temática da adolescência com essas cartegorias mais amplas, situando-as no conjunto da sociedade brasileira. Nossos resultados indicaram que, caso o profundo contraste social que. caracteriza a população brasileira, torna-se extremamente questionável tratar a adolescência de forma padronizada, mesmo levando em conta que, por efeito de fatores culturais, principalmente dos meios de comunicação de massa, os adolescentes constroem interpretações semelhantes, independentemente do meio social a que pertençam. Como as tendências convencionais da psicologia, por partirem de um modelo de homem "abstrato", não conseguem romper com as explicações padronizadas, passamos a privilegiar, como referencial para o estudo do desenvolvimento humano e, portanto, da adolescência - a psicologia filiada ao materialismo dialético que, numa versão mais abrangente de homem, concebe o desenvolvimento desse a partir de suas reais condições de vida
Palavras-chave: Adolescência
Adolescentes
Psicologia do adolescente
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Clímaco, Adélia Araújo de Souza. Repensando as concepções de adolescência. 1990. 106 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1990.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18465
Data de defesa: 30-Dec-1990
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adelia Araujo de Souza Climaco.pdf2,93 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.