???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1857
Tipo do documento: Dissertação
Título:  Vamos todos para a Lapa visitar o Bom Jesus : o itinerário da romaria a partir dos benditos cantados pelos romeiros do Bom Jesus da Lapa BA
Autor: Frozoni, Giuliana 
Primeiro orientador: Vasconcellos, Pedro Lima
Resumo: O objeto deste trabalho são os benditos entoados pelos romeiros durante a romaria ao Santuário do Bom Jesus da Lapa BA, estudados e analisados através de uma perspectiva ritual. Estes cantos populares da tradição oral cantados em novenas, terços e procissões representam uma das mais antigas manifestações do catolicismo popular que ainda se conservam em algumas comunidades, principalmente interioranas e rurais, do nordeste brasileiro. Trabalhamos com a hipótese de que por meio do estudo e da análise dos benditos cantados pelos romeiros do Senhor Bom Jesus da Lapa é possível sistematizar a romaria, reconhecendo todas as etapas deste itinerário, identificar os mitos de origem do Santuário e compor uma espécie de ordinário da romaria , com seus cantos e benditos próprios que, ao serem cantados, contribuem para a atualização desta tradição religiosa e para confirmar suas especificidades. Ao estudar o repertório musical cultivado pelos peregrinos, também estamos em busca do espírito da romaria. Inicialmente contextualizamos o sertão, pano de fundo para toda a romaria, e descrevemos o perfil do peregrino e suas intenções ao peregrinar, bem como apresentamos os ritos e benditos de saída. Em seguida, falamos da origem do Santuário, dos seus mitos de fundação e dos mitos de origem da própria romaria, além de relatarmos os ritos e benditos próprios da viagem de ida. Depois descrevemos os ritos de chegada ao Santuário, a relação de proximidade e intimidade que se estabelece entre o romeiro e o santo, além de falar dos ritos e benditos de permanência. Para finalizar o trabalho, tratamos dos ritos de despedida, com seus benditos próprios, abordamos o tema da saudade e da ciclicidade da romaria, além dos benditos cantados pelos romeiros na viagem de volta, completando, assim, todo o ciclo da peregrinação. Com o presente trabalho, concluímos que os romeiros e peregrinos do Bom Jesus da Lapa não cantam simplesmente na romaria, mas, ao contrário, cantam a própria romaria, com seu ordinário próprio; e ao cantar a romaria, os romeiros cantam a si mesmos. Também foi possível perceber que, de fato, os benditos são parte integrante da romaria e condição sine qua non para sua efetiva realização
Abstract: The object of this work are the benditos sung by the pilgrims during the pilgrimage to the Sanctuary of Bom Jesus da Lapa BA, studied and analyzed through a ritual perspective. These popular songs of oral tradition sung in novenas, rosaries and religious processions are one of the earliest manifestations of popular Catholicism that still remain in some communities, mainly inland and rural of northeastern Brazil. We hypothesized that by studying and analyzing the benditos sung by the pilgrims in Bom Jesus da Lapa is possible to systematize the pilgrimage, recognizing all stages of this itinerary, identify the myths of the Sanctuary origin and compose a sort of "ordinary pilgrimage", with their own songs and benditos that, when sung, contributes to the update of this religious tradition and confirms their specificity. By studying the musical repertoire cultivated by pilgrims, we are also in search of the spirit of pilgrimage. Initially we contextualize the sertão, the background for the entire pilgrimage, and describe the profile of the pilgrim and their intentions on the pilgrimage, as well as present the rites and departure s benditos. Then we talk about the origin of the Sanctuary, its founding myths and myths of origin of the pilgrimage itself, and also we report the rites and benditos themselves of the outward journey. After, we describe the rites of arrival at the Sanctuary, the relationship of closeness and intimacy that is established between the pilgrim and the saint, and speak of rites and the permanency benditos. To finish the work, we look after the rites of farewell, with their own benditos, we broach the theme of remembrance and the cyclicity of the pilgrimage, and the benditos sung by pilgrims on the journey back, thus completing the entire cycle of pilgrimage. In this study, we conclude that the pilgrims of Bom Jesus da Lapa do not just sing at the pilgrimage, but instead sing "the" pilgrimage itself, with its own ordinary; and while singing the pilgrimage, the pilgrims sing themselves. It was also possible to see that, indeed, the benditos are an integrant part of pilgrimage and prerequisite for its effective fulfillment
Palavras-chave: Religiosidade popular
Catolicismo sertanejo
Romaria
Benditos
Música Sacra
Popular religiousness
Sertanejo catholicism
Pilgrimage
Benditos
Sacred music
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Frozoni, Giuliana. Vamos todos para a Lapa visitar o Bom Jesus : o itinerário da romaria a partir dos benditos cantados pelos romeiros do Bom Jesus da Lapa BA. 2012. 277 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1857
Data de defesa: 1-Jun-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Giuliana Frozoni.pdf15,2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.