REPOSITORIO PUCSP Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Graduação em Psicologia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/18572
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLandi, Mariana Rechdan-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4246143U6pt_BR
dc.contributor.advisor1Schliemann, Ana Laura-
dc.date.accessioned2016-07-28T20:38:54Z-
dc.date.available2016-04-29T14:50:05Z-
dc.date.issued2007-11-23-
dc.identifier.citationLandi, Mariana Rechdan. A inclusão da pessoa com síndrome de Down no mercado de trabalho: uma análise segundo a psicologia analítica. 2007. 105 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.pt_BR
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/18572-
dc.description.resumoEsse trabalho teve como objetivo verificar como se dá e como é vivida a inclusão da pessoa com Síndrome de Down no mercado de trabalho. Na primeira parte foi feito um levantamento bibliográfico abrangendo os temas: Síndrome de Down, inclusão, o significado do trabalho para o ser humano e a pessoa com Síndrome de Down no mercado de trabalho. A partir daí, foram elaborados roteiros de entrevistas semi-dirigidas para abordar esses temas nas diversas visões de pessoas envolvidas no processo de inclusão de um caso específico. O pesquisando foi André, uma pessoa com Síndrome de Down que está no mercado de trabalho há dez anos e passou por três experiências de inclusão, porém, o foco da pesquisa foi seu emprego atual. As entrevistas com André, seus familiares, sua empregadora responsável e seus colegas de trabalho tiveram como finalidade a construção do que é trabalhar para André e a totalidade do processo de inclusão. Esses dados foram analisados à luz dos conceitos de inclusão e com base teórica da Psicologia Analítica de Jung. A partir do estudo do caso, verificou-se que uma eficaz inclusão é aquela em que há mudanças e adaptações de todas as pessoas envolvidas. Diferentemente dessas, há aquelas inclusões em que não há mudanças e são, portanto, uma pretensão da empresa parecer socialmente responsável e estar de acordo com a lei. Não há como e nem porque negar a diferença, mas há como se conscientizar que a convivência com o diferente só faz ampliar e traz ganhos para a pessoa incluída e para toda a sociedade. Será que o ser humano está caminhando para um outro nível de consciência, em que é possível abarcar a diferença e assim aumentar as possibilidades e chegar mais próximo à totalidade e complexidade de ser humano?pt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/35590/Mariana%20Rechdan%20Landi.pdf.jpg*
dc.languageporpt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Humanas e da Saúdept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsPUC-SPpt_BR
dc.publisher.programGraduação em Psicologiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSíndrome de Downpt_BR
dc.subjectMercado de trabalhopt_BR
dc.subjectPsicologia analíticapt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApt_BR
dc.titleA inclusão da pessoa com síndrome de Down no mercado de trabalho: uma análise segundo a psicologia analíticapt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Aparece nas coleções:Graduação em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Mariana Rechdan Landi.pdf492,1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.