???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18630
Título: Humanitas: humanismo e humanização face à saúde mental - uma aproximação à ontologia heideggeriana
Autor: Fonseca, Renato Ferreira da 
Primeiro orientador: Colpo, Marcos
Resumo: Este trabalho questiona sobre o Sentido de Ser da Humanitas do Homem face à Loucura e a Saúde Mental. Neste questionar pelo Ser, referenciado na ontologia fundamental de Heidegger, busca-se discutir, pensar e refletir como a loucura foi recepcionada a partir de uma História do Ser; dentro de uma quebra paradigmática (destruição da metafísica); no caminho a um novo olhar para o assim chamado louco , na direção de um pensar originário. Neste horizonte, foca-se em modos de compreender o homem que denominamos de Humanismo (Primeiro Capítulo) e Humanização (Segundo Capítulo). O primeiro é relacionado com momentos nos quais a loucura fez-se presente e que se anunciam na História do Ser e do paradigma metafísico, tal qual a Grécia Antiga, a Idade Média, o Renascimento, a Modernidade e a Contemporaneidade. O segundo é pautado no horizonte do século XX, junto a questões do obscurecimento do mundo e de perspectivas sociais e políticas contemporâneas sobre o homem e a loucura, que desembocam, depois de uma análise, novamente em um humanismo, perdendo o Sentido de Ser da Humanitas. Em outro momento pensa-se sobre a superação do pensar metafísico (Terceiro Capítulo), questionando, mais profundamente, o humanismo e a humanização, chegando a propor um salto originário na perspectiva de levar a compreensão da loucura a um campo hermenêutico. Com isso, discute-se como a fenomenologia, enquanto um método, possibilita uma aproximação ao Ser (Quarto Capítulo), desenvolvendo, em seguida um levantamento do pensamento heideggeriano, numa análise do Dasein. A partir deste pensamento, aproxima-se da loucura sob um outro olhar e reflete-se sobre um agir Ético no cuidado com esta loucura. Por último (Considerações finais), teceremos considerações básicas sobre o que fora traçado até o momento, levantando um modo de ser-no-mundo-com-os-outros seja na política, seja na saúde mental calcado na Ética, no Recomendar, na Cura e na possibilidade de ser verdadeiramente livre no projetar-se no mundo junto aos outros
Palavras-chave: Ontologia Fundamental
Loucura
Humanismo
Humanização
Saúde Mental
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Programa: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Citação: Fonseca, Renato Ferreira da. Humanitas: humanismo e humanização face à saúde mental - uma aproximação à ontologia heideggeriana. 2008. 95 f. (Mestrado em Trabalho de Conclusão de Curso - TCC) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18630
Data de defesa: 15-Dec-2008
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renato Ferreira da Fonseca.pdf387,03 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.