???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18642
Título: Valorização do corpo que Tenho, desprezo pelo corpo que sou: um olhar psicanalítico sobre o corpo na contemporaneidade
Autor: Cutait, Julia Mendonça 
Primeiro orientador: Barição, Hemir
Resumo: O presente trabalho se propõe a refletir acerca do lugar do corpo na sociedade contemporânea e nos processos identificatórios na formação de grupos a partir do referencial teórico da psicanálise. Para tanto, o trabalho foi dividido em três seções. A primeira delas, Indivíduo e Sociedade , se propõe a pensar o tema da sociedade sobre três ângulos, o de Freud, que é considerado o fundamento básico para a compreensão do fenômeno social dentro do âmbito da psicanálise, o de Ramos, que nos traz contribuições da teoria crítica da Escola de Frankfurt junto ao pensamento psicanalítico e o de Herrmann, que traz subsídios da Teoria dos Campos para pensarmos na contemporaneidade. A segunda seção do trabalho, O Corpo discorre acerca do corpo sob três enfoques sendo o primeiro histórico, situando o corpo no tempo e na história da sociedade, o segundo psicanalítico, contando com as discussões de alguns autores contemporâneos que pensam o lugar do corpo na própria teoria psicanalítica e o terceiro o olhar de Ramos, que pensa o corpo na contemporaneidade. A terceira e última seção, Discussão conta com a discussão desses diversos ângulos assim como com uma junção dos aspectos do corpo com os aspectos sociais e uma aproximação de ambos ao contexto contemporâneo. O que se conclui nessa terceira seção é que o corpo é parte constituinte dos processos de agrupamento humanos, mas que o corpo que se encontra presente na sociedade contemporânea não é um corpo sujeito, mas um corpo maquinizado, um corpo construído segundo padrões vigentes na sociedade capitalista. Ou seja, a partir das discussões feitas, vemos que se confirma o título do trabalho no qual afirmamos que o corpo objeto (o corpo que temos) é hiper-valorizado e o corpo sujeito (o corpo que somos) é cada vez mais esquecido, mais desprezado
Palavras-chave: Psicanálise
Corpo
Sociedade
Corpo humano -- Aspectos psicologicos
Corpo e mente
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Programa: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Citação: Cutait, Julia Mendonça. Valorização do corpo que Tenho, desprezo pelo corpo que sou: um olhar psicanalítico sobre o corpo na contemporaneidade. 2008. 97 f. (Mestrado em Trabalho de Conclusão de Curso - TCC) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18642
Data de defesa: 12-Dec-2008
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Julia Mendonca Cutait.pdf431,92 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.