???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1874
Tipo do documento: Dissertação
Título: Epistemologia apofática: a função da negação na obra De Docta Ignorantia
Autor: Mina, Fabiano de Oliveira 
Primeiro orientador: Cruz, Eduardo Rodrigues da
Resumo: Esta dissertação, sob a obra De Docta Ignorantia de Nicolau de Cusa, tem como objetivo apresentar uma epistemologia apofática (conhecimento via negação) com vistas na função da negação , contribuindo para discussões pertinentes à Teoria do Conhecimento, justificado pelo pouco material produzido nesse viés epistemológico desse autor e obra se comparado a outros no Brasil. Portanto, contribuindo também para apreciação do Departamento de Ciências da Religião. Fundamentalmente é uma análise teórica dos dois primeiros livros dessa mesma obra, analisando os limites da razão (ratio) diante da intuição (intellectus), sob os conceitos Máximo Absoluto, Universo Privativo e Máximo Concreto, na relação entre Criador (Uno) e criatura. A criação (explicatio), contida em Deus (complicatio), inevitavelmente exige uma dialética apofática que assume as paradoxalidades no e do mundo. Portanto, uma Filosofia Apofática . Para isso é necessário que nos tornemos doutos ignorantes
Abstract: This study, work under the Nicholas of Cusa s De Docta Ignorantia, aims to present an epistemology apophatic (denial knowledge) aiming at "function of denial", contributing to discussions relevant to the Theory of Knowledge, justified by the material produced little bias in this epistemological author and this work is compared to others in Brazil. Therefore, contributing to the appreciation of the Department of Religious Sciences. Fundamentally it is a theoretical analysis of the first two books in this same work, analyzing the limits of reason (ratio) before the intuition (intellectus), under the concepts Absolute Maximum, Privative Universe and Concrete Maximum, the relationship between Creator (One) and creature. The creation (explicatio) contained in God (complicatio) inevitably requires an "apophatic dialectic" that assumes the paradoxalidades in and of the world. Therefore, a Apophatic Philosophy". This requires that we become "ignorant scholars"
Palavras-chave: Uno
Máximo absoluto
Universo privativo
Negação
Dialética apofática
Douta ignorância
Absolute maximum
Private universe
Denial
Apophatic dialectic
Learned ignorance
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Mina, Fabiano de Oliveira. Epistemologia apofática: a função da negação na obra De Docta Ignorantia. 2012. 186 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/1874
Data de defesa: 25-Oct-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fabiano de Oliveira Mina.pdf1,4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.