REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/19926
Tipo: Dissertação
Título: O espelho de si, o amálgama com a página – uma leitura de Deste viver aqui neste papel descripto: cartas da guerra e dos romances iniciais, de António Lobo Antunes
Título(s) alternativo(s): A mirror from himself, the amalgam with the page – a reading from Deste viver aqui neste papel descripto: cartas da guerra and from the initial novels, of António Lobo Antunes
Autor(es): Valim, Graziele Maria
Primeiro Orientador: Navas, Diana
Resumo: Esta dissertação tem como proposta investigar a aproximação existente entre o sujeito que se evidencia nos três primeiros romances de António Lobo Antunes – Memória de Elefante (1979), Os Cus de Judas (1979) e Conhecimento do Inferno (1980) – que possuem traços autobiográficos, com o sujeito que figura no livro de cartas do mesmo autor, Deste viver aqui neste papel descripto: cartas da guerra (2005). Essa possível leitura é empreendida a partir de elementos comuns presentes nessas obras: dados biográficos do autor e do contexto histórico-social em que estava inserido o sujeito das quatro obras; a atribuição do nome António Lobo Antunes e da profissão de médico psiquiatra às personagens centrais dos romances; e também dos traços estilístico-literários presentes no livro de cartas. Considerando que as missivas colocam em xeque os limites entre a realidade e ficção, o presente estudo busca verificar como vida e obra, personagem ficcional e autor empírico, fundem-se nesses quatro livros. A pesquisa está divida em três capítulos. No primeiro capítulo, pautado nas entrevistas concedidas por Lobo Antunes à Maria Luísa Blanco e outras que foram compiladas por Ana Paula Arnaut, e nos estudos de Maria Alzira Seixo sobre os romances, há uma breve apresentação do autor e das quatro obras estudadas. No segundo capítulo, foram expostos alguns conceitos da crítica, como os de Michel Foucault, Philippe Lejeune, Serge Doubrovsky, Diana Klinger, Leonor Arfuch, sobre as “escritas do eu”, com a intenção de evidenciar que Lobo Antunes ultrapassa os conceitos do que se denomina autobiografia ou autoficção, construindo obras que pertencem a um gênero ainda não definido pela crítica. No terceiro capítulo, são elencados os traços metaficcionais presentes nos romances iniciais do autor e nas cartas escritas durante a guerra, a relação simbiótica desenvolvida com a escrita e a crença no poder da literatura. Foi possível observar, a partir dos estudos de Patricia Waugh, Linda Hutcheon e Gustavo Bernardo que o autor, extremamente atento ao trabalho com a palavra, já problematizava, desde suas cartas, o texto dentro do próprio texto, bem como a realidade ficcional. Ademais, mais do que evidenciar como a vida e a obra de António Lobo Antunes se (con)fundem nos livros estudados, tenciona-se mostrar que o projeto literário empreendido pelo autor, ao confluir-se com sua obra, é o de tornar a literatura um veículo de afetividade e humanização de seu leitor
Abstract: This study intends to verify the approximation between the subject from the three novels of António Lobo Antunes – Memória de Elefante (1979), Os Cus de Judas (1979) and Conhecimento do Inferno (1980) – which have autobiographical traits – with the subject that appears in the book of letters of the same author, Deste viver aqui neste papel descripto: cartas da guerra (2005). This possible reading considers the common elements present in the three novels and in the book of letters: biographical data of the author and the historical-social context in which the subject of the four literary works was inserted; the assignment of the name António Lobo Antunes and the career as a psychiatrist to the central characters of the novels; and also the literary-technique presents in the book of letters. Considering that the letters threaten the limits between reality and fiction, the present study aims to verify how life and the literary work, fictional character and empirical author, merge into these four books. The research is divided into three chapters. The first chapter is based in interviews given by Lobo Antunes to Maria Luísa Blanco and others journalists that were organized by Ana Paula Arnaut, and studies of Maria Alzira Seixo about his novels, there are brief presentations of the author and the four literary works studied. In the second chapter, some concepts of literary criticism including the ones of Michel Foucault, Philippe Lejeune, Serge Doubrovsky, Diana Klinger and Leonor Arfuch about the "writings of self" were presented, with the intention of showing that Lobo Antunes goes beyond concepts of what is called autobiography or autofiction, constructing works that belong to a genre that is not yet defined by literary criticism. In the third chapter, it is related the metafictional features present in the three novels of the author and in the letters written by him during the war; the symbiotic relationship with writing and the belief in the power of literature. It was possible to observe, from the studies of Patricia Waugh, Linda Hutcheon and Gustavo Bernardo, that the author, extremely attentive to his work with the word, already problematized, since his letters, the text within the text itself, as well as the fictional reality. Moreover, rather than showing how the life and the literary work of the author are merged in the books studied, it is also intended to show that the literary project undertaken by the author, when he fuses with his literary work, is to make the literature a vehicle of affection and humanization of the reader
Palavras-chave: Antunes, António Lobo [1942-] - Crítica e interpretação
Autoficção
Autobiografia
Autofiction
Autobiography
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Valim, Graziele Maria. O espelho de si, o amálgama com a página – uma leitura de Deste viver aqui neste papel descripto: cartas da guerra e dos romances iniciais, de António Lobo Antunes. 2017. 122 f. Dissertação (Mestrado em Literatura e Crítica Literária) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19926
Data do documento: 20-Mar-2017
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Graziele Maria Valim.pdf818,38 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.