???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20323
Tipo do documento: Tese
Título: A sonoridade do indizível: a experiência mística de São João da Cruz
Autor: Zimerman, Helena Haenni 
Primeiro orientador: Pondé, Luiz Felipe
Resumo: A pesquisa aborda a obra poética de São João da Cruz e realiza uma interlocução com o conceito psicanalítico de pulsão invocante. Buscou-se bibliografias especializadas na vida e obra do místico católico, bem como, escritos do próprio santo. As considerações sobre as peculiaridades da poesia de São João da Cruz são analisadas, a partir de referenciais bibliográficos que tratam especificamente da questão estética e estilística do místico. O eixo teórico para a articulação com o campo místico é o campo psicanalítico, embasado nas obras de Sigmund Freud e Jacques Lacan. São João da Cruz expressou sua experiência mística de modo poético. O contexto em que se deu o início de sua criação poética, em um momento de forte angústia e desamparo, bem como, a dimensão que assumiu sua arte, compõem uma perspectiva interessante para a reflexão no âmbito da clínica psicanalítica. Busca-se averiguar, a partir do exposto, se o recurso estético, utilizado por São João da Cruz, privilegiando a sonoridade em seus versos e, ao mesmo tempo, a manutenção do caráter enigmático de sua experiência, revela-se como um recurso que permitiu-lhe recriar um modo novo de estar e se relacionar com sua existência. Tal interlocução, propicia um campo fértil para reflexão da clínica psicanalítica
Abstract: The research approaches the poetic work of St John of the Cross and performs an interlocution with the psychoanalytic concept of invoking drive. Specialized bibliographies were sought based on the life and work of the catholic mystic, as well as writings of the saint himself. The considerations on the peculiarities of the poetry of St John of the Cross are analyzed from bibliographical references which deal specifically with the esthetic and stylistic question of the mystic. The theoretical axis for articulation with the mystical field is the psychoanalytic field, based on the works of Sigmund Freud and Jacques Lacan. St. John of the Cross expressed his mystical experience poetically. The context in which the beginning of his poetic creation takes place, in a moment of intense anguish and helplessness, as well as the dimension assumed by his art, compose an interesting perspective for reflection within the psychoanalytic clinic. It is sought to investigate, by this study, if the aesthetic resource, used by St John of the Cross, privileging the sonority in its verses and, at the same time, maintaining the enigmatic character of its experience, reveals itself as a resource that allowed him to recreate a new way of being and relating to his existence. Such interlocution provides a fertile field for reflection on psychoanalytic practice
Palavras-chave: João da Cruz, Santo [1542-1591] - Crítica e interpretação
Mística
Poesia
St John of the Cross
Mystical
Poetry
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Zimerman, Helena Haenni. A sonoridade do indizível: a experiência mística de São João da Cruz. 2017. 141 f. Tese (Doutorado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20323
Data de defesa: 25-Aug-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Helena Haenni Zimerman.pdf881,75 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.