???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20604
Tipo do documento: Tese
Título: Cada nascimento de uma criança intersexual é um tapa na cara da sociedade: uma reflexão sobre religião e gênero na sociedade brasileira
Autor: Souza, Carlos Antônio Braga de 
Primeiro orientador: Nunes, Maria José Fontelas Rosado
Resumo: A presente tese de doutorado é uma reflexão sobre a intersexualidade diante da complexidade do sistema religioso brasileiro marcadamente cristão. Nessa reflexão questões diversas são suscitadas, envolvendo sexualidades consideradas periféricas ao sistema patriarcal. Essas sexualidades periféricas entram no debate político e acadêmico, seja através do movimento feminista, dos coletivos LGBTQIA+ e da teoria queer. A luta por direitos políticos desses segmentos tem encontrado forte resistência de setores conservadores. Nesse sentido identifica-se nas religiões um sistema reativo às conquistas de mulheres, dos coletivos LGBTQIA+. As religiões fornecem suporte a setores conservadores, que se organizam no cenário político institucional, interceptando avanços na área dos direitos humanos e na promulgação da laicidade do estado. Essa pesquisa visa fornecer subsídios para entender o aumento da intolerância no Brasil, um país com alto índice de violência fatal sobre coletivos LGBTQIA+ e sobre as mulheres, de acordo com dados apresentados na tese. Ao mesmo tempo, pretende também redimensionar o sistema cultural brasileiro a partir de sua posição periférica, de fortes traços pós-colonialista, diante do sistema neoliberal central europeu e norte-americano
Abstract: The present doctoral thesis is a reflection on intersexuality in the face of the complexity of the Brazilian religious system markedly Christian. In this reflection diverse questions are raised, involving sexualities considered peripheral to the patriarchal system. These peripheral sexualities enter into political and academic debate, whether through the feminist movement, the LGBTQIA + collective, or the queer theory. The struggle for political rights in these segments has met with strong resistance from conservative sectors. In this sense a system reactive to the achievements of women, of the LGBTQIA + collectives, is identified in religions. The religions provide support to conservative sectors, which are organized in the institutional political scenario, intercepting advances in the area of human rights and enactment of the laity of the state. This research aims to provide subsidies to understand the increase in intolerance in Brazil, a country with high rates of fatal violence on LGBTQIA + collectives and on women, according to data presented in the thesis. At the same time, it also seeks to reshape the Brazilian cultural system from its peripheral position, with strong postcolonialist traits, in the face of the central European and North American neoliberal system
Palavras-chave: Hermafroditismo
Gênero
Teoria Queer
Hermaphroditism
Gender
Queer Theory
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Souza, Carlos Antônio Braga de. Cada nascimento de uma criança intersexual é um tapa na cara da sociedade: uma reflexão sobre religião e gênero na sociedade brasileira. 2017. 381 f. Tese (Doutorado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20604
Data de defesa: 9-Nov-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carlos Antônio Braga de Souza.pdf3,75 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.