REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/21300
Tipo: Tese
Título: A comunicação do paciente em coma: estudo das manifestações fisiológicas dos pacientes em coma na unidade de terapia intensiva e suas possíveis respostas comunicativas
Título(s) alternativo(s): The communication of patients in coma: a study of the physiological manifestations of patients in coma in intensive care unit and their possible communicative responses
Autor(es): Mimura, Verusk Arruda
Primeiro Orientador: Baitello Junior, Norval
Resumo: A presente tese é uma reflexão sobre a comunicação do corpo em coma em uma unidade de terapia intensiva. O processo de comunicação dessespacientes com a equipe de saúde requer avaliações constantes de sua percepção. Estudos recentes apontam possibilidades de falhas na classificação dos pacientes em coma e questionam a confiança demasiada que se deposita em aparelhos tecnológicos. Dessa forma, propõe-se a investigação da comunicação primária desses pacientes, através do sentido do olfato, por meio de um estudo de caráter interdisciplinar, envolvendo comunicação e as ciências da saúde. Este trabalho está em consonância com os estudos da Semiótica da Cultura e com os avanços na área da pesquisa médica, que sugerem mudanças no paradigma estabelecido para o diagnóstico desses pacientes.O objetivo deste estudo foi identificar, a partir do estímulo olfativo, indícios do processo de comunicação do paciente em coma, através da leitura e da interpretação de possíveis alterações fisiológicas, como registro eletroencefalográfico, pressão arterial, frequência cardíaca e percentual de saturação de oxigênio no sangue, associados à observação de sinais subjetivos emitidos pelo corpo, por meio de expressões faciais e corporais, buscando-se uma possível ativação da memória olfativa. As respostas fisiológicas dos pacientes em coma foram comparadas com as repostas fisiológicas dos pacientes ambulatoriais. A ausência de alterações estatísticas significativas nos pacientes em coma fez com que os pacientes do grupo ambulatorial assumissem um papel central no desenrolar deste estudo. Já a análise qualitativa permite inferir que as respostas primárias apresentadas pelo corpo do paciente em coma, submetido ao estímulo olfativo, podem ser interpretadas como comunicação quando carregadas pela combinação de outros estímulos sensíveis aos órgãos do sentido. Este estudo interdisciplinar aponta para a necessidade de se estabelecer, entre as áreas de comunicação e de saúde, um elo essencial para os estudos sobre o corpo. O quadro teórico assenta-se nos autores: A. R. Luria (1966, 1979, 1982, 1991), Oliver Sacks (1988, 2013), Edgar Morin (1973, 1996), Gerald M. Edelman (1992), Norval Baitello Jr. (1997, 2005, 2012), F. S. Machado (2006), Hawkes e Doty (2009), Jox et al. (2012), E. Delamonica (1984) entre outros
Abstract: This present thesis is an analysis on communication of the body in coma in intensive care units. The communication process between those patients and the health staff demands constant evaluation on their perception. Recent studies have indicated possibilities of flaws in classifying patients in coma and they have questioned the excessive faith that has been placed on technological devices. Therefore, we propose here the investigation of the primary communication of patients in coma through olfaction, making use of an interdisciplinary study involving communication and health sciences. This study is in accordance with the studies of Semiotics of Culture as well as with the advances in the field of medical research which suggest changes of the established paradigm for the diagnose of those patients. The objective of this study is identifying from olfaction stimulation any probable evidence of communication of patients in coma, by reading and interpreting any possible physiological alterations such as electroencephalographic recording, blood pressure, heart rate and oxygen blood saturation, associated to the observation of subjective signs emitted by the body, from face and body expressions, searching for a possible triggering of the olfactory memory. The physiological responses of patients in coma were compared to those of outpatients. As to face the lack of meaningful statistic alterations on patients in coma, the outpatients were called to take a central role on this present study. Yet, the qualitative analysis makes it possible to imply that the primary responses delivered by the body of the patients in coma might be considered as communication when submitted to olfactory stimulation carried by the combination of other stimuli sensitive to the senses. This interdisciplinary study points to the need of creating between the fields of communication and health an essential link toward the studies of the human body. The theoretical framework was built around the following authors: A. R. Luria (1966, 1979, 1982, 1991), Oliver Sacks (1988, 2013), Edgar Morin (1973, 1996), Gerald M. Edelman (1992), Norval Baitello Jr. (1997, 2005, 2012), F. S. Machado (2006), Hawkes and Doty (2009), Jox et al. (2012), E. Delamonica (1984) among others
Palavras-chave: Comunicação e saúde
Eletroencefalografia e estimulação olfativa
Coma
Communication and health
Electroencephalography and olfactory stimulation
Coma
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Mimura, Verusk Arruda. A comunicação do paciente em coma: estudo das manifestações fisiológicas dos pacientes em coma na unidade de terapia intensiva e suas possíveis respostas comunicativas. 2018. 145 f. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21300
Data do documento: 15-Jun-2018
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Verusk Arruda Mimura.pdf4,79 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.