REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/21509
Tipo: Dissertação
Título: Inspiração em cenas e atos: pesquisa com crianças para a formação de coordenadores
Autor(es): Arantes, Priscila Barbosa
Primeiro Orientador: Sanches, Emília Maria Bezerra Cipriano Castro
Resumo: O presente trabalho traz uma possibilidade de formação aos Coordenadores Pedagógicos, através da participação ativa e direta das crianças, colocando-as como sujeitos e atores sociais no próprio processo de pesquisa. É uma investigação que visa novas perspectivas de escuta e olhar em relação às crianças, uma vez que traz dois conceitos centrais de uma nova sociologia da infância: a criança como agente social, ativo e criativo e a infância concebida como uma forma estrutural, como uma parte integrante da sociedade desde o nascimento. A proposta de observação se dá pela própria figura do Coordenador Pedagógico, que deve se colocar na posição de um adulto pesquisador que entrará no campo das crianças e só poderá participar plenamente se for aceito por esse grupo. Não haverá uma relação proposta artificialmente pelo próprio pesquisador, mas uma observação das práticas rotineiras e seus registros. Desse modo, não há perguntas estruturadas de antemão, pois a relação que irá se estabelecer pela entrada, aceitação e participação do adulto pesquisador é o que vai permitir a visualização dos processos de produção e reprodução de cultura. Converge com as atuais demandas da Sociologia da Infância também, para que apareça na pesquisa uma visão de parceria, que coloque a criança como sujeito tanto quanto o pesquisador, constituindo estudos com e não sobre a infância. As crianças interagem no mundo porque produzem suas culturas: ingressam na cultura por meio da família, mas passam a produzir e participar de inúmeras culturas de pares. As pesquisas que defendem a escuta e enfocam as infâncias e culturas infantis consideram o ponto de vista infantil nas pesquisas. É uma reparação por tanto tempo em que as crianças foram marginalizadas na Sociologia e em outras áreas, por ocuparem sempre uma posição subordinada na sociedade, e vistas como incapacitadas a contribuir. Além de sugerir a formação com a participação ativa das crianças, a finalidade deste trabalho é também ampliar o conceito de cultura de pares, levantar ações de produção de cultura e analisar situações de reprodução interpretativa entre as crianças. A proposta converge com a defesa da escuta e o enfoque das infâncias e culturas infantis sob uma metodologia inovadora e desafiadora, que implica um desprendimento do olhar sob o ponto de vista do adulto
Abstract: This research brings a possibility of formation to Pedagogical Coordinators, among active and direct participation of children, bring them like subjects and social actors in the research process by itself. It´s an investigation that purposes new perspectives of listening and looking in relation to children, once brings two central concepts of a new Childhood Sociology: children like social agent, active and creative and childhood like a structural way, like a part of society since birth. This observation purposed is by the owner figure of Coordinator, which put himself like a researcher adult who comes to children field and will participate just if been accepted by this group. There are no artificial purposes by the researcher, but an observation about routines and records. Thus, there is no structural questions beforehand, because relation will be done by enter, acception and participation of researcher, that will show us a view of production and reproduction culture process. Converges on current requests of Chilhood Sociology, for bring a cooperation view, that puts children as subject as the researcher, forming studies with and not about childhood. Children interact in the world because product their own cultures: enter by their families, but product and participate of a lot of peer cultures. Researches that defend listening and focus childhood and children culture consider children point of view in researches. It´s a kind of repair for long time that children were marginalized, in Sociology and other areas, and occupied a subordinated position in society. Besides to suggest a formation with active participation of children this project purposes to enlarge peer culture concept, looking for production of culture actions and analyze interpretative reproduction between children. This purpose converges on listening defense and childhood and children culture focus, under a newer technology and challenger, which involves a detachable view from adult’s point of view
Palavras-chave: Culturas infantis
Cultura de pares
Reprodução interpretativa
Childhood culture
Peer culture
Interpretive study of children
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores
Citação: Arantes, Priscila Barbosa. Inspiração em cenas e atos: pesquisa com crianças para a formação de coordenadores. 2018. 93 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Formação de Formadores) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21509
Data do documento: 10-Set-2018
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Priscila Barbosa Arantes.pdf3,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.