???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21774
Tipo do documento: Dissertação
Título: Suporte social e qualidade de vida de mulheres climatéricas coronarianas
Título(s) alternativo(s): Social support and quality of life of coronary climacteric women
Autor: Sousa, Vera Lucia Frazão de 
Primeiro orientador: Fonseca, Suzana Carielo da
Resumo: No processo de envelhecimento humano, as modificações são inerentes às fases da vida e, no que diz respeito ao envelhecimento feminino, o climatério e, consequentemente, a menopausa, constitui um acontecimento que acentua sua percepção e/ou autopercepção. A doença coronariana pode se configurar como um dos desdobramentos do climatério, comprometendo a qualidade de vida de mulheres que se encontram nessa etapa. A Epidemiologia tem mostrado que o enfarto mata tanto a mulher quanto o homem e mata mais a mulher no período climatérico. Sintomas físicos, problemas emocionais ou relativos ao suporte social podem nele se apresentar e impactar negativamente um cotidiano já marcado por acúmulo de papéis (profissionais, matrimoniais, cuidadoras). O reconhecimento dessa complexidade de eventos, aliada ao fato de que minha atividade profissional como assistente social está voltada ao atendimento de mulheres climatéricas coronarianas, incentivou-me a pesquisar de que modo questões inerentes ao envelhecimento feminino (com foco no climatério e seus desdobramentos) impactam a qualidade de vida e, também, como os suportes sociais podem contribuir para um maior bem-estar dessas mulheres. O objetivo geral que orientou minha pesquisa foi estudar a relação entre suporte social e seu impacto na qualidade de vida de mulheres climatéricas coronarianas atendidas no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC/SUS). Entre os objetivos específicos, destacam-se: estudar o perfil demográfico e socioeconômico dessas mulheres; identificar sua autopercepção de qualidade de vida, bem como de seu suporte social e analisar de que modo tais variáveis se articulam. Para tal, realizei uma revisão da literatura pertinente a essa temática, tomada como base para discutir dados coletados em uma pesquisa de campo, realizada com 52 mulheres atendidas no IDPC. Os resultados dessa discussão permitiram-me não apenas ratificar minha hipótese inicial de que um bom suporte social impacta positivamente na qualidade de vida de mulheres nessa etapa, como também indiciar um caminho propositivo para potencializar ações sociais como parte fundamental de um projeto para melhorar a saúde
Abstract: In the process of human aging, the modifications are inherent to the phases of life and with respect to female aging, climacteric and consequently menopause, constitutes an event that accentuates their perception and / or self-perception. Coronary heart disease can be one of the consequences of the climacteric, compromising the quality of life of women who are at this stage. Epidemiology has shown that the heart attack kill both the women and the men and kill the women more in the climacteric period. Physical symptoms, emotional problems or social support problems may present themselves and negatively impact a daily life marked by the accumulation of roles (professionals, marriages, caregivers). The recognition of this complexity of events coupled with the fact that my professional activity as a social worker is focused on attending coronary climacteric women, answered for the interest in researching how issues inherent to female aging (focusing on the climacteric and its developments) impact the quality of life and also how social supports can contribute to the greater well-being of these women. The general objective that guided my research was therefore to study the relationship between social support and its impact on the quality of life of coronary climacteric women treated at the Dante Pazzanese Institute of Cardiology (IDPC / SUS). Among the specific objectives, the following should be highlighted: demographic and socioeconomic profiles, identify their self-perception of quality of life; as well as their social support and analyze how these variables are articulated. For that, I carried out a literature review pertinent to this topic based on data collected in a field survey performed with 52 women attending the IDPC. The results of this discussion allowed me not only to ratify my initial hypothesis that a good social support positively impacts the women‘s quality of life in this stage, but also to point out a propositional way to potentiate social actions as a fundamental part of a project to improve health for them
Palavras-chave: Gerontologia
Envelhecimento - Aspectos da saúde
Climatério
Menopausa
Gerontology
Aging - Health aspects
Climacteric
Menopause
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Sousa, Vera Lucia Frazão de. Suporte social e qualidade de vida de mulheres climatéricas coronarianas. 2018. 129 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21774
Data de defesa: 6-Apr-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vera Lucia Frazão de Sousa.pdf1,67 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.