REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/22528
Tipo: Tese
Título: Educação escolar indígena: um estudo do diálogo entre os saberes indígenas e o conhecimento escolar no currículo em ação nas escolas indígenas
Título(s) alternativo(s): Indigenous education as a subject: a study of the dialogue between indigenous knowledge and school knowledge in the curriculum in action in indigenous schools
Autor(es): Almeida, Edielso Manoel Mendes de
Primeiro Orientador: Junqueira, Carmen Sylvia de Alvarenga
Resumo: Esta pesquisa apresenta como temática a EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA: um estudo do diálogo entre os saberes indígenas e o conhecimento escolar no currículo em ação nas escolas indígenas, na qual investigamos as práticas pedagógicas interculturais críticas desenvolvidas pelos professores não indígenas do Sistema de Organização Modular do Ensino Indígena Wajãpi (SOMEI/WAJÃPI) que tem o diálogo como elemento fundamental. Teve como objetivo geral analisar as práticas pedagógicas desenvolvidas por professores não indígenas que atuam nos anos finais do ensino fundamental, no SOMEI/WAJÃPI, baseadas no diálogo entre os saberes indígenas e o conhecimento escolar a partir da perspectiva intercultural crítica. Tratou-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa do tipo etnográfica, realizada com professores não indígenas que atuam do 6º ao 9º ano do ensino fundamental nas escolas indígenas estaduais da etnia Wajãpi localizadas nas Terras Indígenas da referida etnia no Estado do Amapá. Teve como base para fundamentação teórica: a concepção de interculturalidade crítica de Catherine Walsh e o diálogo na concepção de Paulo Freire. Os resultados indicaram que, mesmo atuando em um contexto de dominação que caracteriza a educação colonizadora alicerçada, principalmente, na imposição cultural e epistemológica dominante, os professores investigados conseguiram desenvolver práticas pedagógicas baseadas no diálogo e no reconhecimento dos saberes indígenas que adentraram o currículo das disciplinas, ora de forma disciplinar, outras de maneira interdisciplinar, com a participação ativa dos alunos no processo de ensino e aprendizagem. Em tais práticas pedagógicas, o conhecimento escolar dialogou horizontalmente, como afirma Paulo Freire, com os saberes indígenas, e foram visibilizados, valorizados e reconhecidos como conhecimentos que norteiam a vida dos Wajãpi nas atividades sociais, religiosas, culturais e produtivas
Abstract: This research presents INDIGENOUS EDUCATION as a subject: a study of the dialogue between indigenous knowledge and school knowledge in the curriculum in action in indigenous schools, in which we investigate the critical intercultural pedagogical practices developed by non - indigenous teachers of the Modular Teaching Organization System Indigenous Wajãpi (SOMEI / WAJÃPI) that has dialogue as a fundamental element. The objective of this study was to analyze the pedagogical practices developed by non - indigenous teachers who work in the final years of elementary school in SOMEI / WAJÃPI, based on the dialogue between indigenous knowledge and school knowledge from a critical intercultural perspective. It was a qualitative research of the ethnographic type, carried out with non-indigenous teachers who work from the 6th to the 9th year of elementary education in the state indigenous schools of the Wajãpi ethnic group located in the Indigenous Lands of that ethnic group in the State of Amapá. It was based on theoretical foundation: Catherine Walsh's conception of critical interculturality and the dialogue in Paulo Freire's conception. The results indicated that, even acting in a context of domination that characterizes the colonizing education based mainly on the dominant cultural and epistemological imposition, the investigated teachers were able to develop pedagogical practices based on the dialogue and the recognition of the indigenous knowledge that entered the curriculum of the disciplines , sometimes in a disciplinary way, others in an interdisciplinary way, with the active participation of students in the teaching and learning process. In such pedagogical practices, scholarly knowledge spoke horizontally, as Paulo Freire affirms, with indigenous knowledge, and was seen, valued and recognized as knowledge that guides the life of the Wajãpi in social, religious, cultural and productive activities
Palavras-chave: Educação multicultural
Escolas indígenas
Multiculturalismo
Multicultural education
Schools Indian
Multiculturalism
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Almeida, Edielso Manoel Mendes de. Educação escolar indígena: um estudo do diálogo entre os saberes indígenas e o conhecimento escolar no currículo em ação nas escolas indígenas. 2019. 165 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22528
Data do documento: 20-Ago-2019
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Edielso Manoel Mendes de Almeida.pdf2,32 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.