???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22571
Tipo do documento: Tese
Título: Em defesa da beleza: o sagrado e a filosofia da beleza de Roger Scruton
Autor: Arielo, Flávia Santos 
Primeiro orientador: Sanches, Wagner Lopes
Resumo: A presente tese visa revelar a visão sobre a beleza e o sagrado a partir do filósofo britânico contemporâneo Sir Roger Scruton, cuja produção intelectual estende-se pela estética, filosofia política e filosofia da religião. Tendo como ponto de partida a sua obra Beleza, o autor coloca-se como defensor da concepção de beleza no que tange, principalmente, as artes plásticas, a música e a arquitetura. O objetivo desta pesquisa é analisar o entendimento de Scruton sobre a beleza e de que forma a relaciona com a questão do sagrado. Para tanto, é necessário aprofundar no pensamento conservador do qual Roger Scruton participa e defende, evidenciando os autores que fundamentaram seus argumentos estéticos e filosóficos. A principal hipótese se assenta sobre a defesa da beleza de Scruton como uma forma de salvação do mundo, visto que, a partir da arte moderna, a beleza foi apartada da produção artística e dessacralizada por meio daquilo que o autor define como kitsch. A partir do levantamento bibliográfico de suas obras, assim como de sua fortuna crítica, essa pesquisa revelou que Roger Scruton produz uma filosofia da beleza, que visa, principalmente, conservá-la e difundí-la no mundo contemporâneo, tomando por essenciais e insubstituíveis aspectos sagrados e religiosos
Abstract: This thesis aims to reveal the vision of beauty and the sacred from the contemporary British philosopher Sir Roger Scruton, whose intellectual output extends to the aesthetics, political philosophy and philosophy of religion. Having as its starting point his work named Beauty, the author places himself as a defender of the concept of beauty in what concerns, mainly, the plastic arts, music and architecture. The goal of this research is to analyze Scruton's understanding of beauty and how it relates it to the question of the sacred. For that, it is necessary to deepen in the conservative thought of which Roger Scruton participates and defends, evidencing the authors who based their aesthetic and philosophical arguments. The main hypothesis’s based on the defense of the beauty of Scruton as a way of salvation of the world, since, from the modern art, the beauty was separated from the artistic production and desecrated by means of what the author defines as kitsch. From the bibliographical survey of his works, as well as his critical fortune, this research revealed that Roger Scruton produces a philosophy of beauty, which aims, mainly, to preserve and disseminate it in the contemporary world, taking as essential and irreplaceable aspects sacred and religious
Palavras-chave: Beleza
Scruton, Roger [1944-]
Sagrado
Beauty
Sacred
Art
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Arielo, Flávia Santos. Em defesa da beleza: o sagrado e a filosofia da beleza de Roger Scruton. 2019. 145 f. Tese (Doutorado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/22571
Data de defesa: 30-Aug-2019
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flavia Santos Arielo.pdf874,41 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.