REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23789
Tipo: Tese
Título: Amor, sublime amor: as visões de Hadewijch sob o prisma do referencial psicológico junguiano
Autor(es): Seixas, Leda Maria Perillo
Primeiro Orientador: Brito, Enio José da Costa
Resumo: Neste trabalho foi feita a tradução das Visões de uma mulier sancta, Hadewijch de Antwerpia, uma beguina flamenga que viveu na metade do século XIII, na região hoje conhecida como Flandres, na Bélgica. A obra de Hadewijch é composta por quatro livros: dois de poesia, um de cartas e um que descreve suas visões. O material das Visões fala da união mística de Hadewijch com Deus e das coisas que ela contemplou nesse processo de união. A obra como um todo é escrita de próprio punho em neerlandês medieval provavelmente para ser lido por sua comunidade, na tentativa de conduzir seus seguidores no caminho para a experiência de Deus. A tradução para o inglês de Mother Columba Hart, O. S. B. foi utilizada como base para este trabalho por ser aquela a que recorrem diversos pesquisadores de renome internacional, mas utilizamos também a tradução para o francês de Fr. J.-B. P. nos trechos mais difíceis. Nossa hipótese é que este material, por ser “inspirado por Deus”, servia também para conferir a ela, uma mulher laica, autoridade frente sua comunidade em uma época em que o direito de pregar era prerrogativa dos sacerdotes. A porta de entrada para a experiência de Hadewijch foi o Amor. Além do comentário sobre as Visões, foi feita uma breve apresentação das cartas e das poesias para esclarecer ou reforçar nossas observações sobre o referido texto. Foi realizado também um levantamento do contexto histórico do período em que ela viveu, descrevendo a turbulência de transformações como a transição do feudalismo, a migração da população para os centros urbanos, o surgimento das universidades, da escolástica, das ordens mendicantes, dos movimentos vita apostolica e das beguinas. A literatura cortês também foi comentada, já que a influência desta pode ser percebida nos escritos da mística. Como suas Visões são ricas em conteúdo simbólico, e dada a formação em psicologia analítica da autora da pesquisa, foi feita uma análise psicológica de enfoque junguiano sobre o processo imaginativo, abrangendo, para tanto, a ideia de símbolo, libido, imaginação ativa. Comparou-se a experiência de Hadewijch com uma paciente atendida pela pesquisadora, cuja experiência mística foi desestruturante e foram elaboradas algumas hipóteses sobre a diferença entre os dois processos
Abstract: This study presents a translation of Hadewijch of Antwerp’s Visions – visions of a mulier sancta. She was a 13th-century Flemish beguine who lived in the area which is now the Flanders region of Belgium. Hadewijch’s work consists of four books: two books of poetry, one of her letters and one in which she describes her visions. The book Visions encompasses Hadewijch’s mystical union with God and the ideas she contemplated during this unification process. Most of her writings were handwritten, in Medieval Dutch, probably to allow her community to read her work and to lead her followers to the experience of God. The version used for this thesis was Mother Columba Hart’s English translation, which is also used by several internationally renowned researchers. In some cases, the French translation by J.B.P. was also used. Our hypothesis is that, because Hadewijch’s writings were “inspired by God,” they gave her permission, as a laywoman, to reach her community at a time when the preaching roles were restricted to the clergy. Love was the gateway for Hadewijch’s experience. In addition to the commentary on the Visions, a brief presentation of her letters and her poems was made to clarify or amplify our observations about the Visions. A study of the times in which she lived was also made. It describes the major changes that happened with the end of feudalism, such as the migration to urban areas, the emergence of the universities, scholasticism, the mendicant orders, the vita apostolica movement, and the beguines. The influence of courtly love literature on Hadewijch’s writings was also analyzed, since it is clearly present in her work. Hadewijch’s Visions conveys a rich symbolic content. Since the author of this thesis is a psychologist, some key concepts of Jungian analytic theory, such as symbol, libido and active imagination were used to examine the imaginative process. Hadewijch’s experience was compared to the one of the researcher’s patients, who had a disruptive mystical experience. A few hypotheses were formulated based on the difference between the patient’s process and Hadewijch’s experience
Palavras-chave: Hadewijch [séc. XIII]
Experiência (Religião)
Misticismo
Hadewijch [active 13th century]
Experience (Religion)
Mysticism
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião
Citação: Seixas, Leda Maria Perillo. Amor, sublime amor: as visões de Hadewijch sob o prisma do referencial psicológico junguiano. 2020. 270 f. Tese (Doutorado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23789
Data do documento: 22-Mai-2020
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Leda Maria Perillo Seixas.pdf12,66 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.