REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Educação: Formação de Formadores
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23844
Tipo: Dissertação
Título: O uso dos relatórios descritivos individuais como elemento articulador na transição das crianças da Educação Infantil para o Ensino Fundamental
Título(s) alternativo(s): Using individual descriptive reports as an element of articulation for the transition of children from Kindergarten to Elementary School
Autor(es): Lins, Karina Graziela
Primeiro Orientador: Sanches, Emília Maria Bezerra Cipriano Castro
Resumo: As Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica (DCNEB) apresentam orientações sobre a concepção e a organização do sistema educacional nacional, segundo três dimensões básicas: organicidade, sequencialidade e articulação. A fim de promover tal organização e possibilitar a articulação entre as etapas iniciais da Educação Básica, as normas oficiais determinam a emissão de documentação pedagógica pelas instituições de Educação Infantil, com o fito de atestar e dar continuidade às aprendizagens por meio da criação de estratégias adequadas aos diferentes momentos de transição vividos pelas crianças. Diante da determinação legal, a Prefeitura Municipal de São Paulo orienta a construção de relatórios descritivos individuais, que devem ser encaminhados às escolas de Ensino Fundamental e analisados pelos docentes dos 1º anos no início do período letivo. Nesse contexto, a presente pesquisa visa investigar como professoras do 1º ano do Ensino Fundamental do município de São Paulo fazem uso dos relatórios descritivos individuais das crianças egressas da Educação Infantil no processo de transição entre as etapas. Valendo-se de abordagem qualitativa, essa pesquisa buscou, por meio de entrevistas semiestruturadas junto a três professoras do 1º ano do Ensino Fundamental e três coordenadoras pedagógicas, de duas escolas de Ensino Fundamental identificar quais informações são consideradas relevantes na análise dos relatórios; como as profissionais utilizam os dados obtidos; e quais aspectos devem ser considerados para a construção de uma ação formativa que garanta o diálogo entre a Educação Infantil e o Ensino Fundamental. A análise dos dados foi realizada por meio da análise conteúdo, baseada em Bardin (2016) e Franco (2018). Fundamentado em uma perspectiva pós-moderna sobre as concepções de crianças, infâncias, culturas infantis e culturas escolares, como referencial teórico para discutir os dados, foram utilizados os autores Barbosa (2007; 2014), Dahlberg; Moss e Pence (2019), Kramer (1987; 2006) Kramer, Nunes e Corsino (2011), Moss (2011), Julia (2001) e Frago (1995; 2007). Os resultados revelaram que há uma subutilização dos relatórios que chegam às mãos dos docentes e que esses documentos não subsidiam o planejamento dos professores dos 1º anos, pois não há clareza quanto ao currículo proposto na Educação Infantil e o que se pode esperar em relação ao conteúdo dos relatórios, de forma que seu uso se restringe a identificar questões comportamentais das crianças. Identificou-se ainda a falta de ações formativas integradas, no sentido de articular profissionais da Educação Infantil e do Ensino Fundamental e de se promover reflexões acerca da transição das crianças entre as etapas e das potencialidades dos usos dos relatórios nesse processo. A partir da análise, foi proposta uma ação formativa visando promover o diálogo entre a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, baseada na legislação vigente e nas demandas formativas identificadas neste estudo
Abstract: The National Curricular Directives for Basic Education [Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica] (DCNEB) present guidelines for conceiving and organizing our national educational system according to three basic dimensions: organicity, sequentiality and articulation. To organize and articulate the initial phases of Basic Education, official regulations determine that Kindergarten schools provide pedagogical documentation aimed at certifying and allowing continuity to children’s learning processes by creating adequate strategies for different moments of children’s transition. The São Paulo City Hall, thus, advises the building of individual descriptive reports, which must be sent to Elementary Schools and analyzed by first grade teachers in the beginning of the school year. Given this context, this research aims at investigating how first grade elementary school teachers of the city of São Paulo use the individual descriptive reports of kindergarten children during their school transition phase. This qualitative study used semi structured interviews with first grade elementary school three teachers and three pedagogical coordinators and sought to identify which pieces of information are considered relevant in their analysis of the reports; how they use data obtained from the reports; and which aspects should be considered for the construction of a formative action that ensures dialogue between Early Childhood Education and Elementary School. Data analysis used content analysis, based on Bardin (2016) and Franco (2018). A post-modern perspective on the concepts of Children, Childhood, Childhood cultures and School cultures supported the theoretical basis used to discuss our findings with the following authors: Barbosa (2007; 2014), Dahlberg; Moss and Pence (2019), Kramer (1987; 2006) Kramer, Nunes and Corsino (2011), Moss (2011), Julia (2001) and Frago (1995; 2007). Results revealed that there is misuse of the reports that get to first-grade teachers, and that such documents do not subside first-grade teachers’ planning, since the curriculum proposed to the Kindergarten and what is expected in terms of contents for such reports is unclear, in a way that its use is restricted to identifying children’s behavioral issues. We have also identified a lack of integrated training actions, aimed at articulating professionals both in Kindergarten and in Elementary School, and promoting reflections towards children’s transition between school phases and towards the potential uses of the reports in this process. Following the analysis, we proposed providing teacher and school management training that ensures the necessary dialog between Kindergarten and Elementary School, according to current legislations and to the teachers’ demands identified in this study
Palavras-chave: Educação Infantil
Ensino Fundamental
Transição
Kindergarten
Elementary school
Transition
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores
Citação: Lins, Karina Graziela. O uso dos relatórios descritivos individuais como elemento articulador na transição das crianças da Educação Infantil para o Ensino Fundamental. 2021. Dissertação (Mestrado em Educação: Formação de Formadores) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/23844
Data do documento: 30-Ago-2021
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação: Formação de Formadores

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Karina Graziela Lins.pdf1,24 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.