REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/26099
Tipo: Tese
Título: O método dialógico em obras de M. Bakhtin
Autor(es): Queijo, Maria Elizabeth da Silva
Primeiro Orientador: Brait, Elisabeth
Resumo: Neste trabalho, desenvolve-se a hipótese de que há um método empreendido por M. Bakhtin (1895-1975), apreensível através de um trabalho de investigação efetivado ao longo do conjunto das obras, o qual designamos dialógico. A pesquisa se justifica uma vez que a ausência de um sistema ou de esquemas meramente aplicáveis pelo que se convencionou nomear como Círculo de Bakhtin parece sugerir que um método e seus rigores sejam dispensáveis, ainda que procedimentos metodológicos estejam epistemologicamente fundamentados nas obras dos pensadores desse Círculo. Assim, a presente pesquisa pretende percorrer e reconstruir certo fio condutor que permita evidenciar o método dialógico, delimitado às obras de Bakhtin. Para tanto, buscamos: (1) demonstrar um proceder de acordo com um possível método tendo como base a materialidade discursiva, portanto, identificado por meio de marcas que emergem das obras analisadas, inscritas por Bakhtin na condição de autor; (2) a partir da análise, apontar as particularidades do método, se verificado, que nos permitam designá-lo como dialógico e indicar diretrizes fundamentais para o seu desenvolvimento. As obras de Bakhtin que formam o corpus nuclear de pesquisa são: Problemas da poética de Dostoiévski, datada de 1963, e A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais, de 1965. A pesquisa se processa, primeiro, através de análise comparativa entre os textos de Bakhtin referentes aos escritos de Dostoiévski e Rabelais. Segundo, inventariadas as marcas desse método observado em funcionamento, compreendemos sua organização e desenvolvimento tendo em vista a dimensão inerentemente sociológica e a dimensão enunciativo-discursiva da conformação do método dialógico. Como base teóricometodológica, a investigação fundamenta-se no pensamento dialógico, isto é, nas proposições de Bakhtin e dos demais pensadores russos que com ele compuseram Círculos de reflexão e concepção a respeito da linguagem, além dos aportes advindos da Análise Dialógica do Discurso. Com isso, visamos contribuições à Análise Dialógica do Discurso e aos estudos da linguagem, bem como a outras possibilidades do pensar e fazer científico
Abstract: In this work, the hypothesis of a method proposed by M. Bakhtin (1895-1975) is developed by investigating a collection of works which we call dialogic. The research is justified by the fact that the absence of a system or merely applicable schemes by what is conventionally called the Bakhtin Circle seems to suggest that a method and its rigor are dispensable, although, epistemologically, the methodological procedures rely on the works of thinkers in the Circle. Therefore, the present research aims to follow and to reconstruct a path toward the dialogic method in the context of Bakhtin’s works. To this end, we seek: (1) to demonstrate a process according to a possible method on the grounds of the discursive materiality, therefore, identified through the marks that emerge from the works we analyze, inscribed to Bakhtin under the condition of author; (2) to show, through analyses, the particularities of the method, if such is verified, which allow us to call it dialogic and to indicate essential guidelines for its development. The works signed by Bakhtin that compose the main corpus of this research are: Problems of Dostoevsky’s Poetics, published in 1963, and Rabelais and His World, published in 1965. First, the research engages in comparative analyses of Bakhtin’s texts about Dostoevsky’s and Rabelais’ writings. After collecting the marks of the workings of that method, we move to understand its organization and development, considering both the intrinsically sociological dimension and the enunciation dimension of shaping the dialogic method. The theoretical-methodological bases of the investigation are built upon the dialogic thinking, that is, the propositions of Bakhtin and other Russian thinkers, who composed together the Circles of reflection and conception of language, in addition to subsidies from the Dialogic Discourse Analysis. Hence, we aim to contribute to Dialogic Discourse Analysis and language studies as well as different possibilities of thinking and doing science
Palavras-chave: Método dialógico
Bakhtin
Círculo de Bakhtin
Análise dialógica do discurso
Dialogic Method
Bakhtin
Bakhtin circle
Dialogic discourse analysis
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Queijo, Maria Elizabeth da Silva. O método dialógico em obras de M. Bakhtin. 2022. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/26099
Data do documento: 7-Abr-2022
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Maria Elizabeth da Silva Queijo.pdf1,8 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.