REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/27221
Tipo: Dissertação
Título: O desenvolvimento de agências na educação infantil bilíngue durante as aulas remotas na Pandemia da COVID-19
Título(s) alternativo(s): The development of agencies in bilingual early childhood education during remote classes in the COVID-19 Pandemic
Autor(es): Silva, Monika Garcia Campos da
Primeiro Orientador: Liberali, Fernanda Coelho
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo investigar os diferentes tipos de agência que se realizaram a partir das propostas feitas durante o ensino remoto na pandemia da Covid-19 para um grupo de crianças da Educação Infantil Bilíngue. Este modo de ensino caracteriza-se pelas aulas a distância, via dispositivos eletrônicos, instituídas no decorrer do ano letivo de 2020, devido ao isolamento social e o fechamento das escolas, a fim de conter a disseminação da Covid-19 – vírus extremamente letal que causou milhões de mortes ao redor do mundo. Partimos do pressuposto de que todos os sujeitos têm agência, o que lhes proporciona a capacidade de atuar no mundo como produtores de cultura, assumindo responsabilidades coletivas para transformar as práticas cotidianas, transformando-se. Apresentamos, como propostas potentes, o brincar de Vygotsky e as atividades sociais como espaço para interação dialética entre pares e professor, de modo que acreditamos que possam estimular a participação, a responsabilidade e o comprometimento dos sujeitos, desenvolvendo a potência de ação nas situações reais de suas próprias vidas. Este estudo baseia-se na Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural, que reconhece e assegura, por meio diálogo e da colaboração, a relação entre o sujeito, sua historicidade e sua realidade, numa rede de relações culturais, e está vinculado à atuação profissional da pesquisadora no segmento bilíngue da Educação Infantil, em que a imersão na Língua Adicional (Inglês) alcança o aluno de forma contextualizada, enredada em situações que trazem a realidade da criança para dentro da sala de aula. O corpus selecionado é composto pela transcrição das aulas remotas e pelo diário de campo da professorapesquisadora à luz da Pesquisa Crítica de Colaboração. Os resultados apontam que as propostas que envolvem o brincar, o faz de conta e as atividades cotidianas suscitam maior participação, poder de decisão e uso do repertório das crianças, proporcionando oportunidades de desenvolvimento de si, dos outros e da sociedade
Abstract: This research aims to investigate the several types of agencies that were conducted from the proposals made during remote teaching in the Covid-19 pandemic for a group of bilingual early childhood education children. This teaching mode takes place through distance classes, via electronic devices, during the 2020 academic year due to social isolation and the closing of schools, in order to spread Covid-1 - an extremely lethal virus in the course of schools, millions of deaths around of the world. We start from the assumption that all subjects have agency, which gives them the ability to act in the world as producers of culture, assuming collective responsibilities and we present, as powerful proposals, Vygotsky's play, and social activities as a space for dialectical interaction between peers and teacher, so that we believe that they can stimulate the participation, responsibility, and commitment of subjects, developing the power of action in real situations. of their own lives. This study is based on the Theory of SocioHistorical-Cultural Activity, which recognizes and ensures, through dialogue and collaboration, the relationship between the subject, its historicity and its reality, in a cultural network, and it is linked to the performance researcher's professional in the bilingual segment of early childhood education, where immersion in the additional language (English) reaches involves the student in a contextualized way, entangled in situations that bring the child's reality into the classroom. The selected corpus is composed of the light of remote classes and the field diary of the teacher-researcher of the Critical Collaboration Research. The results show that the proposals that involve playing, make-believe and everyday activities arouse greater participation, decisionmaking power, and use of children’s experiential repertoire, providing opportunities for the development of themselves, others, and society
Palavras-chave: Educação infantil bilíngue
Agência
Brincar
Ensino remoto
Pandemia
Bilingual early childhood education
Agency
To play
Remote teaching
Pandemic
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Silva, Monika Garcia Campos da. O desenvolvimento de agências na educação infantil bilíngue durante as aulas remotas na Pandemia da COVID-19. 2022. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2022.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/27221
Data do documento: 30-Jun-2022
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monika Pretti Garcia Amorim Campos da Silva.pdf3,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.