REPOSITORIO PUCSP Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/28526
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Lacan e Clarice, a realização da escrita: uma abordagem do real em “Um sopro de vida”
Autor(es): Klinkby, Ingrid Mara Cruz
Primeiro Orientador: Silva, Paulo José Carvalho da
Resumo: Possuímos como principal objetivo compor um diálogo entre a escrita literária feita por Clarice Lispector e alguns conceitos de base sicanalítica lacaniana. São eles, o Real e a escrita. Entendemos que o encontro entre os campos da psicanálise e da literatura podem ser fecundos para ambos, já que tratam, por vezes, de temas comuns como a escrita. O fazer poético tem afinidade com a concepção de homem psicanalítica, para a qual o sujeito porta um saber que não sabe que sabe, referente ao inconsciente. Nos interessa pensar na articulação desta abordagem teórica com certas insistências na literatura de Clarice Lispector, como o questionamento por procurar um meio mais direto de escrever e atingir a essência das coisas. Perguntamo-nos como é que sua literatura toca o Real? Para tanto visitamos o livro “Um sopro de vida (Pulsações)”. Neste, a pergunta sobre o ato de escrever, incidindo sobre os limites da palavra e do seu “mais além”, assemelha-se a uma definição da mesma para a Psicanálise. A palavra verdadeira ou “palavra que é revelação”, para Lacan, parece ser esta que se encontra como alvo na forma de insistências da escrita clariceana em torno do que é indizível e até mesmo proibido de dizer. Em fragmentos, aos pedaços, tal escrita realiza-se, aproximando-se do que Lacan chamou de Lituraterra, ou maneira de fazer litoral entre saber e gozo. Passando também pelo comentário de Lacan sobre a função da escrita em Joyce, pôde-se verificar a radical singularidade com que ao escrever cada escritor tem possibilidade de fazer face à dimensão do irrepresentável em palavras, criando novos habitats à beira do dizer e do não poder dizer mais
Palavras-chave: Escrita
Psicanálise
Literatura
Linguagem
Clarice Lispector
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Graduação em Psicologia
Citação: Klinkby, Ingrid Mara Cruz. Lacan e Clarice, a realização da escrita: uma abordagem do real em “Um sopro de vida”. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/28526
Data do documento: 28-Ago-2012
Aparece nas coleções:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ingrid Mara Cruz Klinkby - TCC.pdf793,56 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.